ROYAL EXCHANGE GRIND by BIASOL

Situado no histórico edifício da Royal Exchange, em Londres, o Royal Exchange Grind representa, para mim, a combinação perfeita entre minimalismo, classe e sofisticação. Desenhado pelo atelier de arquitetura australiano Biasol, em 2016, foi-lhes pedido que criassem um café/bar chique e delicado, respeitando sempre o passado e as características históricas do lugar. Para isso, apostaram em materiais nobres, como o mármore de Carrara, recuperaram o pavimento de madeira original e introduziram o bronze em pequenos apontamentos que nos remetem para um ambiente mais luxuoso.

Tão simples, mas tão bom!! E, na minha opinião, é exatamente aqui que reside “a mestria” ou a arte dos arquitetos e designers – saber criar um espaço simples, sem grandes artificialismos, mas que mesmo assim sabe transmitir exatamente aquilo a que se propõe.

grind1

grind-3

grind4

grind2

0
2

MASQUESPACIO

Passou-se o Natal… passou-se a Passagem de Ano…. e eu não parei um minuto. Não tive tempo nem para dormir! Eu que pensava que ia ter uma semana de férias bem relaxadinha, acabei por trabalhar mais que nunca… e os picos de stress aumentaram exponencialmente! Felizmente agora já está tudo bem mais calmo e já consigo voltar “à normalidade”.

E para começar bem o ano, nada melhor que partilhar convosco imagens de alguns projetos realizados por um dos ateliers que mais me inspira atualmente – o Masquespacio, de Ana Milena Hernandéz Palacios e Christophe Penasse. É, sem dúvida nenhuma, uma das minhas grandes referências! Quem sabe, um dia, não tenho a sorte de trabalhar com eles? :)

Espero que gostem tanto quanto eu! E já agora… BOM ANO!! :)

mq1 mq2 mq3 mq4

Save

0
0

CONTRAPLACADO ou PLYWOOD

Se acompanham o meu Instagram, já devem ter reparado que o meu namorado anda muito entretido a fazer umas “telas” em contraplacado. Estas telas fazem parte da decoração de um projeto que ando a fazer… e que conto partilhar convosco no início do próximo ano.

O contraplacado é um dos materiais que mais gosto de usar em decorações “low cost”…. e porquê? Porque é barato (os preços começam nos 3€ por placa), compra-se facilmente em qualquer Leroy Merlin ou Aki deste país e ainda tem a vantagem de poder ser logo cortado com as dimensões que queremos. É um material super versátil, adapta-se bem a qualquer espaço e pode ser totalmente personalizado/transformado. Como eu adoro madeira, gosto de o alterar pouco…. uma simples pintura com um padrão giro e está feito!

Para quem não está muito familiarizado com este material, o contraplacado é uma placa formada por diversas folhas de madeira sobrepostas e coladas umas às outras. Cada folha é colada com o veio perpendicular em relação à camada anterior, o que lhe confere uma grande resistência e durabilidade. Isto faz com que as laterais das placas de contraplacado tenham um padrão de riscas, que eu adoro!

Podem usar contraplacado praticamente em tudo – revestimento de paredes, móveis, roupeiros, painéis decorativos, cozinhas, etc…. e as imagens em baixo mostram isso mesmo! Como vêem, não precisamos de muito dinheiro para criar projetos interessantes!

pw1

pw2

pw3

pw4

0
1

INSPIRAÇÃO

Encontrei esta imagem no Pinterest… e depois de um dia e tal em investigações cibernáuticas, a única coisa que consegui descobrir foi que fez capa da Marie Claire Maison, em Abril de 2016. Tudo o resto permanece um mistério. Adorava conhecer o resto do projeto e também o seu autor. Se alguém aí desse lado souber, digam-me! Algo que me diz que vou gostar MUITO deste/desta designer :)

002

2
0

THE SWEDISH HOME REPORT #12

Hej!

Esta semana estou de tal maneira apaixonada por um apartamento em Estocolmo que não te consigo mostrar mais nada. Aposto como vais concordar!

Não sei se é da palete de cinzentos fabulosa, se dos elementos decorativos sobre a mesa, se serão as estantes construídas no espaço, se as divisórias de vidro, ou talvez a linda cozinha com bancada em mármore. É um jackpot este apartamento!

Para a semana logo voltamos a Gotemburgo!

Ha en bra helg!

Mafalda

Print

É mesmo lindo este apartamento! Um sonho!! Quem o comprar será certamente muito feliz :) Gostava de saber, só por curiosidade, por quanto é que o estão a vender. Sabes Mafalda?

0
0

MY BEDROOM

E hoje, trago-vos o quarto! O estilo é o mesmo, mas aqui imperam as cores suaves e delicadas, que proporcionam um ambiente relaxante e propício ao descanso. O branco é a cor principal e é assim mesmo que eu gosto. Quarto brancos, com roupa de cama totalmente branca!

Por questões orçamentais acabamos por não colocar cabeceira de cama. Conseguimos o mesmo efeito com uns almofadões brancos, que enchem visualmente o espaço e garantem conforto à mesma. Por cima da cama, temos 2 quadros elaborados por mim, que para além de decorarem o quarto, marcam o lado de cada um de nós na cama!

Em frente à cama temos uma cómoda, também ela branca, em contraste com a madeira do espelho Stockholm. Este espelho é uma das nossas peças preferidas! No cantinho vemos uma cadeira de braços, que na verdade está sempre carregadinha de roupa! Nunca consigo que esteja assim tão bonita! 😂

quarto-1

quarto-2a

quarto-2

quarto-3

A cama é um dos meus modelos preferidos da IKEA – a Mandal. O colchão também é IKEA e digo-vos, com toda a sinceridade, é um dos melhores colchões onde já me deitei!! As mesas de cabeceira são as Componibili da Kartell. Embora também brancas, destacam-se pelo seu desenho irreverente, intemporal e simultaneamente, muito funcional. Tal como na sala, as almofadas são Missoni Home.

Para além do quarto, só me resta a casa de banho e a cozinha, onde não tive grande intervenção. Ambas vinham completamente equipadas… pelo que não pude fazer muito! Por esta razão, não achei importante fotografar!

Portanto, espero que gostem deste meu quarto… e fico à espera do vosso feedback! :)

0
2

MY HOME

Esta semana decidi partilhar convosco a minha casa! Moro nesta casa há sensivelmente 2 anos, com o André, o meu namorado. É a nossa primeira casa e temos sido muito felizes aqui! É um T1, com pouco mais de 60 m2, espaço mais do que suficiente para as nossas necessidades neste momento. É a nossa “casinha”, como lhe chamamos, e é o reflexo perfeito dos nossos gostos, da nossa imagem e da nossa identidade.

À semelhança de todos os jovens deste país, o nosso budget para a decoração não era propriamente grande! A maioria das peças são Ikea (sofá, tapete, mesa de jantar, cama, cómoda, candeeiros, estantes, entre outros) mas penso que conseguimos contrabalançar isso com apontamentos decorativos que quebram com a “imagem estereotipada” Ikea. O budget não nos limitou, pelo contrário, fez-nos puxar pela nossa criatividade e desafiou-nos a procurar soluções diferentes e igualmente interessantes. O resultado final (na minha modesta opinião) é uma casa jovem, divertida, descontraída e, acima de tudo, confortável! É uma casa com bom astral!

Hoje mostro-vos a sala, fotografada pela minha amiga Mafalda. Tal como o resto da casa, a decoração da sala parte de uma base muito neutra (branco e cinza) que depois é complementada com apontamentos de cor e padrões fortes, que lhe dão uma vida e uma alma muito próprias. É o espaço com mais cor em toda a casa… e é também o sítio onde faço mais “experiências”. Já troquei várias vezes as almofadas… já troquei a cor do sofá … e entretanto já troquei o móvel de TV. Por agora estou feliz com o resultado e acho que vai ficar assim durante muito tempo :)

sala-1

sala-2

sala-3

sala-4

sala-6

sala-5

sala-7

Em termos de peças/marcas, como vos disse, é quase tudo IKEA – Sofá e Banquetas Kivik, Tapete Lappljung Ruta, Mesa de Centro Tingby, Mesa Lateral/Banco Bekväm ( pintado pelo André), Candeeiros Hektar e Uppbo, Estantes Fjälkinge, entre outros. As cadeiras da mesa de jantar são as famosas DSW, em branco. A letra iluminada é da Area. As almofadas são uma mistura entre Ikea, Missoni e Martinique. O candeeiro de Madeira é de uma marca portuguesa, a RM Handcrafted. Os tabuleiros coloridos são da Hay. A “Mini Fiúza” escondida na estante é um Imperfeito e as chávenas de café são da Tiger.

Por fim, os quadros são o resultado de algum DIY misturado com sobras de papel de Parede da Cole&Son e uma colaboração artística entre o Ikea e artista Nuria Mora.

Espero que gostem… e se inspirem! :) Beijinhos e Boa Segunda Feira!

Salvar

9
11

THE SWEDISH HOME REPORT #11

Hej med snö!

Aqui já neva, e não é pouco! O report desta semana é um pouco diferente por uma ocasião em particular.

O apartamento de uns amigos nossos (que têm imenso estilo!) foi vendido em Janeiro deste ano e já está de novo à venda! Uma oportunidade única para comparar styling e fotografias entre os dois momentos.

Apesar de ambos venderem através de agências com imensa qualidade, diria que as fotografias e o styling feito pelos nossos amigos é muito melhor do que o feito desta vez! Claro, tudo são opiniões, mas diria que se nota particularmente bem nas fotografias de detalhe assim como nas da casa de banho.

Aqui vêm as imagens, primeiro e posteriormente à esquerda quando era dos meus amigos, e depois em baixo e posteriormente à direita como está agora a ser vendido!

É um bom exemplo para mostrar a importância do styling. As imagens transmitem dois estilos completamente diferentes, eu ao início nem tinha reconhecido o apartamento!

Tills nästa gång,(que quer dizer até á próxima!)

Mafalda
homestorming11-01

Save

0
0

PROJETO . SUITE

Ainda a recuperar do choque de ontem, hoje trago-vos mais um projeto realizado por mim, em parceria com o André – a remodelação integral de uma suite, com a criação de um espaço adicional de closet.

O projeto envolveu a demolição e posterior reconstrução de todo o espaço, garantindo assim a criação de 3 zonas distintas – dormir, closet e casa-de-banho. Na zona do quarto, apostou-se num refresh a nível da decoração, criando um ambiente sóbrio e neutro (a pedido da cliente). Aproveitaram-se as mesas de cabeceira existentes, bem como o sommier. O papel de parede, em tons de creme, reveste todas as paredes do quarto ( à excepção da parede da janela), o que traz um conforto extra ao espaço.

mjv2

mjv1

mjv3

No closet apenas se vêm as portas brancas e minimalistas, em contraste com a madeira do pavimento. A circulação entre o closet e a casa-de-banho é feita sem qualquer interrupção, por se encontrarem numa zona mais resguardada/privada do quarto. A diferenciação dos espaços é conseguida através do pavimento, que passa subtilmente da madeira para o “Carrara”.

Na casa de banho impera o branco. Todas as paredes são revestidas com peças cerâmicas de grandes dimensões, em branco mate. No pavimento, temos umas peças da Love Tiles, que imitam o mármore de Carrara na perfeição, trazendo um toque de classe e sofisticação  a todo o projeto.

Esperamos que gostem! Ficamos a aguardar os vossos comentários! :)

wcmjv2

wcmjv1

wcmjv4 Fotografias de Mafalda Samuelsson-Gamboa

Save

2
7

TRUMP … WTF?

O assunto de hoje é, inevitavelmente, a vitória de Donald Trump. Ainda estamos todos um bocadinho em choque com esta vitória. O meu telemóvel começou a vibrar freneticamente perto das 5h da manhã… e pelo ritmo das mensagens que estavam a ser trocadas, percebi que o pior tinha acontecido. Demorei um bom bocado a assimilar toda esta situação (em parte também porque estava a meio do sono) mas quando finalmente acordei e constatei que era mesmo verdade, parece que o meu coração se partiu em mil bocadinhos. Nos próximos 4 anos temos um homem sexista, racista, xenófobo, dogmático e louco a gerir o destino da maior potência mundial. Medo, muito medo!!

A vida continua, eu sei, mas hoje não consigo deixar de estar um bocadinho triste e desiludida com o Mundo!

0
1

THE SWEDISH HOME REPORT #10

Olá!

A semana passada não houve report porque estive aí contigo a fotografar, entre outras coisas, a cozinha que aqui mostraste! Por isto esta semana, já de volta na Suécia e com neve a cair lá fora, queria-te mostrar algumas cozinhas muito bonitas, com escolhas de material e cores muito trendy mas acima de tudo para falar de outra coisa que comentei aí: as tomadas eléctricas.

É curioso como alguns detalhes podem ser tão diferentes entre países. Aqui as tomadas habitualmente não são colocadas tão visíveis como aí! Há, claro, várias alternativas. Mas em particular quando se renovam cozinhas, costumam-se colocar como se vê nas imagens!

Nunca tinha pensado nisto antes!

Um abraço já com saudades daí!

Mafalda

homestorming10-01

0
0

THE SWEDISH HOME REPORT #9

Hallå!

Já mudei de tema umas três ou quatro vezes, hoje! Queria encontrar uma linha em comum e depois reparei…o linho! 😉

Uma das coisas mais fáceis de mudar em casa são os têxteis. Muitas vezes basta trocar de cortinados, ou de coberta da cama, ou mesmo de almofadas e mantas no sofá para obter atmosferas completamente diferentes.

A moda cá centra-se nas cores pastel (no máximo um cinzento escuro) e no linho. Para um país tão frio, até parece estranho. Mas de facto, como as casas são tão quentes, dormir com roupa de cama de linho é muito confortável! Desde que comprei cobertas de linho que nem me apetece usar as outras. E a melhor parte desta moda é que quanto mais enrugados os lençois, mantas ou cobertas de sofá, melhor!

Aí também está na moda? Tu tens linho em casa?

Até para a semana – desta vez em Portugal!

(P.S.: Olha a solução daquela cama dentro de um armário num apartamento T0!)

Mafalda

Print
0
0

APARTAMENTO MR . PHDD

Enquanto arquiteta de interiores, o que me dá mais prazer fazer é pegar num apartamento completamente datado e descaracterizado e dar-lhe uma vida nova! Destruir praticamente tudo e começar do zero, trazendo-o de volta à contemporaneidade.

Por esta razão, ando constantemente à procura de projetos deste género, para me inspirar e aprender mais um bocadinho sobre o tema.  Aprende-se muito a ver os projetos de outros arquitetos! Hoje trago-vos o projeto de remodelação de um apartamento em Oeiras, feito pelo atelier PHDD ( do qual sou muito fã). Ultimamente esta obra tem sido um dos meus grandes pontos de referência. Em primeiro lugar, porque conheço perfeitamente a zona e os prédios em questão, o que me faz perceber o tipo de intervenção que foi feita … e em segundo lugar, porque me identifico a 100% com este tipo de estética e pensamento arquitetónico. Sem dúvida nenhuma, se pudesse projetar a minha casa, seria assim :)

Mais info, AQUI.

mr-1

mr2

mr3

mr4

mr5

0
0

THE SWEDISH HOME REPORT #8

Hoje este report vem mesmo a propósito da tua dica da semana! E eu nem sabia, e vê lá, já tinha escolhido as imagens e tudo!

Móveis antigos: algo que eu não tenho. Ou vá, até tenho alguns dos anos 50 que foram resgatados da casa dos avós do meu caríssimo esposo. Aliás, acabámos agora de mobilar o quarto da pessoa mais nova cá de casa, e os móveis do quarto dela são os mais antigos que temos. E tenho a dizer que eu gosto muito, mas demorou algum tempo a convencer os avós!

Quando nos mudámos para este apartamento, acabámos por renovar a nossa cozinha de volta para o seu estado inicial dos anos 50 (com algumas modernizações práticas, claro). Ao mesmo tempo que andámos a tentar recuperar partes dessa cozinha antiga, já num espaço de dois meses vi dois vizinhos a deitar fora as suas cozinhas inteiras. A mim custa-me sempre ver este tipo de desperdício. O mesmo se aplica aos móveis e outros elementos decorativos como loiças e candeeiros! Há móveis antigos com imenso valor e que podem perfeitamente ser integrados numa decoração mais cool e mais contemporânea! 

Kram,
Mafalda
homestorming8-01
0
0

SUZANNE SULLIVAN

Hoje venho partilhar convosco a minha mais recente descoberta – Suzanne Sullivan, ceramista e designer têxtil, natural dos EUA!

Conheci o trabalho da Suzzane através do Instagram e fiquei imediatamente apaixonada por todas as peças, principalmente as de cerâmica em preto e branco. Adoro esta estética crua, quase naif,  que as peças apresentam. Os desenhos imperfeitos, em composições geométricas cheias de ritmo , fazem-me voltar aos tempos em que rabiscava os cadernos da escola. Quem me acompanhou nesses tempos, sabe bem que eu passava hooooooras a fazer composições deste género! Não havia caderno nenhum meu que não tivesse as últimas páginas recheadas de rabiscos, sempre de caneta preta. ( Há por aí mais alguém que só escreva com canetas pretas?)

As peças de Suzanne Sullivan são totalmente handmade e são tão bonitas que parece quase um crime usá-las na cozinha! Mais do que simples utensílios são verdadeiras obras de arte. Tão delicadas, tão elegantes, tão…tudo! ADORO!

ss3

ss2

0
1

DICA DA SEMANA

Todas as casas têm móveis com os quais já não nos identificamos, mas que temos pena de deitar fora ou oferecer.

As razões para manter estes móveis são várias! Desde o ” Foi um presente da minha falecida avó” …  ou ” comprámos para a nossa primeira casa (há 300 anos atrás) e tem muito valor para nós” … passando pelo ” calhou-me numa herança e fica mal desfazer-me dele” .. ou ainda ” isto foi caríiiiiissimo na altura, é de muita boa qualidade” , eu já ouvi de tudo! E eu lá tento explicar que os tempos mudam, os gostos mudam, as casas mudam… e a mobilía tem se adaptar a isso mesmo! Não podemos ficar reféns de uma determinada peça e condicionar toda uma decoração só porque existe um mamarracho que ninguém teve a coragem de deitar fora!

Como é óbvio não me estou a referir a peças de design, com história. Refiro-me mesmo ao louceirinho “tipo D.Maria” feito na Brandoa, ao sofá Divani&Divani anos 80 (que embora muito confortáveis, são feios que dói), ao móvel de bar com espelhos, às mesas de jantar em madeira escura, completamente sobredimensionadas para o espaço, etc… São estas as peças que temos de aprender a largar!

No entanto, nem sempre é facil convencer os clientes… e quando assim é, temos duas maneiras de dar a volta à situação:

 1) A minha preferida – pegar no móvel, alterá-lo um pouco e dar-lhe uma nova utilização completamente diferente da original, como é o caso destas cozinhas:

cozinha1

2) Ou então, assumir a peça tal como ela é, dando-lhe um lugar de destaque no espaço. Tenta-se criar um contraste interessante entre antigo/novo e quebra-se o estilo pesadão dos móveis com uma envolvente ultra contemporânea e leve. A palavra chave neste caso é CONTRASTE/OPOSIÇÃO! Não tentem puxar o mesmo estilo, nem sequer as mesmas cores. Temos de quebrar por completo e deixar que a peça “respire” e se destaque!

desks1

old1

Por isso, caso estejam a pensar no que fazer ao maldito do móvel que está ali a “apodrecer” no canto da vossa sala, sigam estas minhas dicas. Tenho a certeza que o resultado será fantástico!

Por

Save

Save

Save

0
6

SÄLLSKAP . IKEA

Em Outubro, a IKEA apresenta uma nova coleção, de edição limitada, com o nome SÄLLSKAP, que celebra a tradição das artes e do artesanato escandinavo. Trata-se de uma coleção de móveis, têxteis e utensílios de cozinha, inspirada no passado e trazida para o presente da melhor maneira possível: promovendo a sua evolução.

Depois de ver as imagens promocionais, fiquei completamente rendida! Ultimamente ando ligeiramente obcecada com verde… verde seco, verde lima, verde-azulado… gosto de todos… e por isso não é de estranhar que tenha adorado esta coleção!

ikea-1

ikea-3

ikea-2

As minhas preças preferidas são estas. E as vossas? Espreitem a coleção completa, AQUI!

untitled-2

0
0

ABC . DESIGN LETTERS

Em 1937, o arquiteto Arne Jacobsen criou uma das fonts mais icónicas de sempre. Desenhada à mão, cedo se tornou num símbolo do Design Gráfico e estabeleceu, pela primeira vez, uma relação estreita entre Arquitetura e Design Gráfico! Enquanto arquiteta, só podia mesmo adorar esta font. É simples, elegante e tem um certo charme que só mesmo o Jacobsen lhe sabia dar!abcd

Uma das grandes divulgadores desta font é a Design Letters (de Copenhaga). Pratos, Copos, Agendas, Blocos, Panos de Cozinha, you name it, eles têm TUDO com este abecedário maravilhoso! Eu cá já tenho um diário gráfico com um A na capa, prontinho a estrear! Sou mesmo MUITO fã desta marca!! :)

arne

aj3

aj-2

aj1

Salvar

0
0

APARTAMENTO T2 . AREEIRO

Tal como prometido, hoje mostro-vos o segundo apartamento para o qual fiz um projeto de remodelação, juntamente com o André, no Areeiro. Para quem não viu o primeiro, deixo aqui o link.

Por ser o último piso do prédio, conseguimos aproveitar um espaço de sotão que não era acessível e adicionámos um segundo piso ao apartamento. Passámos a ter um apartamento com 2 quartos, muita arrumação e um pequeno home office, com iluminação natural!

As escadas são o elemento de destaque neste projeto. Por não termos muito espaço para subir, optamos por criar um modelo de escadas diferente do habitual (mas igualmente seguro e confortável), onde cada degrau corresponde na verdade a dois, diminuindo assim o comprimento da escada! Espero que gostem e ficamos a aguardar o vosso feedback!

Beijinho e Bom Fim de Semana!

prada1

sala-1-piso-2

quarto-1-piso-3  sotao

3
17

THE SWEDISH HOME REPORT #6

Hejhej!

Hoje trago-te poucas imagens mas um tema muito engraçado que mostra exactamente o quão diferente o mercado imobiliário é aqui. Infelizmente esta semana não há muitos exemplos disto que te vou falar a venda mas mesmo assim encontrei algumas fotos. Só procurei em Gotemburgo, com certeza haveria mais em Estocolmo!

Quando se vai vender uma casa ou apartamento, e o objecto está em tal estado de degradação que nem daria para lá morar, eu entendo que a tentação seja: para quê sequer tirar fotos desta coisa? Mais vale quem se quiser dar ao trabalho de vir cá ver…

THINK AGAIN! Aqui, até os objectos de renovação levam com um styling. Não é a primeira vez que vejo, aliás, apartamentos à venda que usam fotografias de outros apartamentos no mesmo prédio para exemplo de como pode vir a ser. Recentemente uns amigos nossos receberam uma chamada de uma agência imobiliária a perguntar se eles se importavam que tirassem umas fotos ao apartamento. Acabaram por receber um cheque prenda bem jeitoso pelo favor!

Este styling tem como objectivo transmitir um ideal de vida, uma imagem de como a vida do comprador pode vir a ser nos próximos tempos. E quem gosta de renovar, de ver o potencial, só se pode sentir atraído a estas imagens!

Espero com isto ganhar o prémio das imagens mais feias que já estiveram neste blog. Que achas disto? Achas este tipo de styling um bom investimento? Aí em Lisboa haveria imenso mercado e possibilidades!

Numa nota à parte, está a chover a potes aqui!

Puss och kram,

Mafalda

homestorming6-01

0
0

COSTELA DE ADÃO

Sempre que vejo uma fotografia de uma casa super bem produzida, penso sempre quanto tempo é que terão perdido nessa mesma produção. Sim, não se deixem enganar  – nenhuma casa é tal e qual aquilo que vemos nas fotos! Falo por experiência própria… já passei muuuuuitas horas da minha vida a “esvaziar” espaços, para depois os fotografar. Há que esconder muita coisa – livros feios, molduras com fotografias pessoais, bibelots estranhíssimos, etc… – e normalmente é mais o tempo que passamos a produzir uma casa do que propriamente a fotografá-la! Ah…  e não se esqueçam que no final temos de repôr tudo no lugar exato onde estava, o que torna todo este processo muito mais cansativo e demorado!

Uma boa produção fotográfica envolve sempre a colocação estratégica de um bom vaso com flores e plantas. São elas que dão o apontamento natural e tornam os espaços mais vividos, mais aconchegantes e convidativos. Há uma planta em particular que nunca falha nas produções em que já participei – a Costela de Adão – e é exatamente sobre ela que vos venho falar hoje!

A Costela-de-Adão é uma planta da família das Aráceas (a mesma dos Antúrios) e caracteriza-se pela sua folha verde escura, de tamanho grande e em forma de coração. É dividida ao meio e apresenta uns furos e recortes de grandes dimensões, o que lhe confere uma presença visual muito bonita e interessante. Talvez seja por isso que é uma das plantas mais utilizadas em decoração!

Uma simples folha basta para dar vida ao mais monocromático dos espaços! ADORO! E vocês?

macadeadao2

macadeadao1

macadeadao3

macadeadao4

Save

Save

Save

1
1

PROJETO . REMODELAÇÃO T1

Hoje trago-vos um dos últimos projetos que fiz em parceria com o André (o meu namorado). O projeto consiste na remodelação integral de dois apartamentos de tipologias distintas, num prédio no Areeiro. Para terem uma melhor noção da intervenção, deixo aqui umas fotos do Antes:

antes

Antes

As obras estão a decorrer neste momento pelo que ainda não tenho fotos do resultado final, mas prometo que assim que esteja pronto, eu publico aqui! Por agora, fiquem com as imagens do projeto para o T1.

 Espero que gostem e fico a aguardar o vosso feedback! :)

sala-1-2

sala-3

cozinha

quarto-1

wc1

9
6

THE SWEDISH HOME REPORT #4

Hej!

Quero celebrar contigo o seguinte: cacti estão na moda! (Cacti, uma das possíveis formas do plural de cactus! Segundo a wikipedia: “Cactaceae é a família botânica representada pelos cactos (português brasileiro) ou catos (português europeu)Sinto que cada vez menos percebo deste acordo ortográfico).

Eu não tinha imenso jeito para plantas. E ainda não tenho assim tanto quanto isso, mas a verdade é que tenho desenvolvido alguma aptidão. Por isso tenho muitas plantas em casa. É particularmente importante no inverno quando tudo lá fora é cinzento. Até tenho desenvolvido algumas relações emocionais com algumas destas plantas: umas tenho desde que comprámos o nosso primeiro apartamento, outras foram dadas por amigos, algumas só floriram em momentos especiais da nossa vida. A personalização de uma casa às vezes está em detalhes tão subtis como estes.

Quando se faz o styling dos apartamentos para vender aqui na Suécia costuma-se dizer que em cada fotografia deve aparecer uma planta. Por isso são óptimas notícias para quem não tem um “green thumb” o facto de os cactos agora serem cool. Nas imagens que se seguem podem ver mais algumas plantas da moda cá.

Voltarei de certeza a falar deste assunto! Mas num país com tantas condições para se ter plantas, não me lembro de as ver com frequência que chegue nas casas Portuguesas. Que achas tu? Como estão as tuas amiguinhas mais verdes lá em casa?

Puss och kram (que é beijinhos e abraços em sueco),
Mafalda
homestormin1g4-01

O post vem com um dia de atraso, eu sei! Acreditam que achei que hoje é que era quinta-feira? Ando com tanta coisa a acontecer que me perdi completamente nos dias! I’m sorry!

Para responder à Mafalda… bem… plantas em minha casa só mesmo ervas aromáticas e a pobre da hortelã que lá está durou pouco mais de 1 semana! Sou um verdadeiro desastre! Quando não as mato à sede, mato-as por afogamento. Ainda não domino bem a arte de regar! Talvez se tivesse um regador tão giro como o da Mafalda fosse mais dedicada! Eheheh! De qualquer das formas, adoro ver casas com plantas bonitas e cheias de vida. Aliás, até já tenho um post preparado sobre isso :) Stay Tuned!

Beijinhos a todos e Bom Fim de Semana!
0
1

IDEIA CRIATIVA

Há tantas formas giras de expor os nossos livros… porque é que optamos sempre pelo mesmo tipo de estante, onde só se veem as lombadas?! Deixo aqui uma ideia muito engraçada, que resulta super bem tanto para adultos como para crianças.

Vamos transformar os livros em peças decorativas! Aceitam o desafio? :)

bookshelves-3  estantes-de-frente-q

facebook

0
6

MAKEOVERS

Há uns 2 anos atrás, a revista Adore fez capa com a casa da blogger australiana Katy Thomas, do blog The Eye Spy Milk Bar (que eu adoro). Lembro-me que fiquei completamente apaixonada e até reproduzi um pouco este estilo de decoração na minha própria casa! Foi uma grande fonte de inspiração para mim na altura!

capa-adore

Por esta razão, achei muito curioso quando percebi que há pouco tempo a Katy Thomas tinha feito (mais) uma remodelação no seu apartamento. As cores fortes e contrastantes foram trocadas por tons pastéis, em conjunto com branco/preto e toda a casa ganhou automaticamente uma vibe escandinava que não tinha antes! Parece que a casa ficou mais “adulta”, mais elegante e com um aspeto mais refinado.

adore-3

adore-1

adore-2

Nas palavras de Katy – “My style has changed dramatically over the last couple of years. Our home was once bursting with colour yet after our renovation last year, I decided to introduce more of a monochrome, Scandinavian style with softer shades of grey, dusty pinks, black and of course lots of white and natural timbers.”

Engraçado que eu própria já sinto o mesmo! Eu adoro a minha casa, sinto-me mesmo muito bem lá e revejo-me em todas as peças que escolhi! Mas a verdade é que às vezes dou por mim a pensar que se calhar o meu estilo está a mudar. Penso várias vezes  “e se eu mudasse estas almofadas? e se pusesse tons mais suaves? e se trocasse esta mesa?” … “e se…”

Será que estou a precisar de uma makeover lá em casa? Vejo tanta coisa gira por aí, que me apetece sempre alterar qualquer coisa! Acho que são os defeitos desta profissão… nunca estamos 100% satisfeitos!

E vocês? Estão contentes com a vossa casa? Gostavam de mudar alguma coisa?

Save

0
10

THE SWEDISH HOME REPORT #3

Hallå!

Esta semana tenho imagens que te vão parecer todas muito diferentes mas têm algo em comum: janelas! Repara como aqui na Suécia quase não se vê cortinados. Pelo menos não cortinados que tapem as janelas. Isto porque o sol é tão raro que ninguém o quer tapar! Na minha opinião, este é o detalhe que faz a maior diferença quando comparando as casas portuguesas com as suecas. Aqui, as janelas são grandes e desimpedidas. Acima de tudo, como podes reparar nas imagens, faz parte do styling de qualquer casa estes elementos que aparecem à janela. Maioritariamente plantas, lâmpadas e outros pequenos detalhes decorativos. Eu gosto imenso, quando se anda na rua, consegue-se ver para dentro das casas e captar um pouco da vida dos outros. No inverno, quando tudo é escuro, vê-se as lâmpadas à janela que trazem luz tanto para dentro como para fora. A Suécia é muito transparente em muitas áreas diferentes…da política à vida doméstica! Quando daqui para a frente mostrar detalhes das janelas, já saberás porquê!

P.S.: Para curiosidade, aquele apartamento com a cozinha cinzenta que gostaste muito na edição anterior ainda não vendeu e o leilão já vai por 363 mil euros por um T1 com 39 metros quadrados.

Mafalda Samuelsson-Gamboa

Print

P.S. 2 – Esta será provavelmente a primeira e única vez em que verão uma cobra aqui no blog! Para quem não sabe, tenho a maior das fobias a cobras… e só com muito amor pela minha Mafaldinha é que aceitei esta imagem aqui! AHAHAHAH Aiiii, fico arrepiada só de ver… mas como até gostei da fotografia, deixei passar 😛

0
11

TECTOS EM MADEIRA

Tenho a sorte de trabalhar num sítio fantástico! A localização é a melhor, a casa é do mais fofo que há, com um jardim ótimo e muito bem cuidado e no interior tenho um tecto de madeira que é um verdadeiro sonho! Sempre que entro no atelier, olho para cima e penso “que sorte trabalhar aqui”. Pode soar meio falso, mas a verdade é que penso mesmo! Já vi por aí tantos ateliers que mais parecem fábricas, que não dá como não me sentir uma privilegiada!

_DSC0638 copy

Pormenor do tecto do atelier

Talvez por me sentir tão bem aqui, gosto muito quando vejo um projeto onde o tecto de madeira foi pintado de branco. Especialmente se tiver montes de asnas  e barrotes como este! Gosto de ver a estrutura e todos os elementos que a compõem, sem grandes artificialismos nem processos de estética que escondem por completo a essência do edifício. Gosto deste lado “verdadeiro e cru” da arquitetura! Gosto de ver a madeira velha, com história, que range por todos os lados, a ser completamente renovada com uma simples pintura!

Não é preciso muito para fazer brilhar uma estrutura assim…e acreditem, faz uma diferença enorme! Por isso, se têm tectos de madeira, o meu conselho é (e será sempre) pintem-nos de branco! O espaço vai parecer maior, vão ter muito mais luz e a sensação de conforto e robustez mantém-se!

Bom Fim de Semana!

TECTOS-1

TECTOS-2

0
0

AIR BnB . THE WESTS

Não se fala noutra coisa – o AirBnB disponibilizou gratuitamente uma mega mansão em NY ( avaliada em cerca de 25 milhões de dólares) para que a Kim, a North e o Saint possam disfrutar confortavelmente da cidade enquanto o Kanye anda em tour!

Tem sido um dos assuntos mais polémicos da semana e por isso não resisti a espreitar a casa. Embora não seja propriamente o meu estilo, é de facto uma casa muito luxuosa, com uma decoração neutra e sóbria, repleta de peças e materiais de topo!

Foi uma ótima jogada por parte do AirBnB. Para além de associar a imagem da Kim e do Kanye West à empresa, conseguiu uma ótima publicidade a nível mundial e permitiu-nos perceber que há mercado de luxo dentro do portfolio do AirBnB!

Ficam aqui algumas das fotografias da casa :)

kim4

kim2

kim3

cozinha1

KIM5

0
0

THE SWEDISH HOME REPORT #2

Olá Fi!

Os apartamentos na Suécia tendem a ser bastante pequenos. O nosso antigo T1 tinha 57 metros quadrados e toda a gente o achava relativamente grande! Por essa mesma razão, encontramos muitas vezes soluções que permitem maximizar a luz, e mesmo assim poder ter divisões separadas. Por coincidência, esta semana apareceram aqui em Gotemburgo à venda dois apartamentos com divisórias em vidro e acabei por encontrar mais um também à venda agora em Estocolmo. Estas separações não são para os desarrumados mas que são bonitas, são! Ou, o que achas?

Kram, que é um abraço em Sueco!

Mafalda Samuelsson-Gamboa

Homestorming_160831-01

Para os mais distraídos, que ainda não sabem o que é o The Swedish Home Report, basta irem AQUI!

Em resposta à Mafalda, tenho a dizer que concordo a 100%. As divisórias de vidro são lindas, especialmente com os caixilhos pretos.  A maneira mais fácil ( e bonita) de dividir e ao mesmo tempo aproximar… garantindo sempre a entrada de luz e a fluidez do espaço! ADORO!

Save

0
0

TAPETES MARROQUINOS

Ultimamente ando um bocadinho obcecada com tapetes marroquinos. Adoro o esquema de cores – preto e branco –  adoro o tipo de padrão que costumam ter – losangos – e adoro o aspecto felpudo rústico e imperfeito, mas ao mesmo tempo super cool, que só os marroquinos sabem fazer! São o epítome do understated luxury e trazem algo de muito especial a qualquer decoração!

mr1

mr2

mr3

mr4

mr5

Salvar

Salvar

4
0

BRANCO E PRETO

Azulejos brancos com betume preto são uma das grandes tendências deste ano. Tanto em cozinhas, como em casas-de-banho, esta combinação tem sido muito utilizada e é fácil perceber porquê: em primeiro lugar, é super prática – as juntas pretas escondem a sujidade na perfeição e requerem muito menos manutenção – e em segundo lugar, funciona muito bem esteticamente, pois cria um contraste de preto/branco que enriquece o espaço, tornando-o mais interessante e estimulante. As paredes ganham ritmo e movimento e são o suficiente para dar vida ao mais minimalista dos espaços.

Mais uma ideia simples e fácil que marca a diferença! Adoro!

black-grout

Salvar

0
0

CASA C’ALMA

Por falar em hostels, aproveito para vos falar acerca de um projeto nacional super interessante, que é muito especial para mim.

Há uns tempos atrás fui contactada para elaborar uma proposta de decoração para uma guesthouse em Lisboa – a Casa C’Alma. Uma espécie de “concurso” que infelizmente acabei por não ganhar… mas No Hard Feelings, a vida é mesmo assim :)

Por coincidência, descobri essa mesma guesthouse no Facebook na semana passada. Não tinha visto ainda o projeto vencedor e como tal fiquei super curiosa! Após ver todas as fotografias, tenho de confessar que fiquei muito feliz com o resultado final. O projeto está muito bom e captou na totalidade a essência do espaço e os gostos/requisitos do cliente. O espaço está acolhedor e confortável, tem alma, tem bom gosto e tem uma sobriedade nórdica muito interessante.

O projeto foi realizado pelo Arkstudio de Margarida Matias, a quem tenho de dar o meus parabéns! A guesthouse está fantástica, assim como todos os projetos que consultei no seu site. Posso não ter ganho este projeto, mas ganhei uma nova referência no mundo da decoração em Portugal!

Mais info, aqui e aqui!

1b

1a

1h

1g

1c

1d

1e

1f

0
9

VALENCIA LOUNGE HOSTEL

Descobri o Valencia Lounge Hostel através de uma publicidade no Instagram. Quem havia de dizer que afinal os malditos anúncios até podiam servir para alguma coisa? Assim que vi a primeira fotografia, carreguei logo no Follow. Identifiquei-me a 100% com o estilo de decoração do espaço – jovem, divertido, colorido, irreverente, com apontamentos escandinavos – e depois de alguma pesquisa no Google consegui descobrir o atelier responsável pelo projeto – o Masquespacio, de Ana Milena Hernández Palacios e Christophe Penasse.

Foi amor à primeira vista! Tanto pelo hostel como pelo atelier! Gostei tanto, mas tanto, que até já ponderei dar um saltinho a Valência para ver o espaço ao vivo. Uma espécie de visita-de-estudo disfarçada de mini-férias! Como nunca fui a Valência, esta parece-me a desculpa perfeita, não acham?!

HOSTEL-VALENCIA-2

HOSTEL-VALENCIA-3

VALENCIA-6

HOSTEL-VALENCIA-4  vlh

HOTEL-VALENCIA-1

HOSTEL-VALENCIA-5

Salvar

Salvar

Salvar

0
0

THE SWEDISH HOME REPORT #1

E o primeiro report sueco, começa assim:

Cara Fiúse,

Esta semana tenho para ti uma mistura de apartamentos lindíssimos à venda esta semana só em Gotemburgo. Agosto é o mês em que o negócio da compra e venda de apartamentos volta a disparar depois de quase não haver atividade durante Julho. O que quer dizer, que às vezes as agências guardam algumas pérolas para esta altura. Assim sendo, mostro-te desta vez uma composição do quarto à cozinha: as modas da Suécia. As camas desmontadas, sempre em linho, com cores pastel. Os quartos tem um ar habitado e as cozinhas tem um styling impecável, cheias de verde. Mas o meu trunfo esta semana: não ter medo de pintar as paredes!

Abraços suecos (kram, kram!),

Mafalda

Homestorming_160804

São ou não são completamente de babar?!!

Um sonho ❤️

Salvar

0
16

The Swedish Home Report

Como alguns de vocês já sabem, um dos meus programas de TV preferidos é o Million Dollar Listing. Consigo passar horas e horas a ver… vou alternando entre New York, LA, São Francisco e Miami e nunca me canso! Adoro o Fredrik Eklund, o Luis Ortiz, o Ryan Serhant, o Roh, o Josh Flagg…. bem, na verdade acho que gosto de todos. Sou mesmo muito fã!

A minha amiga Mafalda, que vive na Suécia, partilha desta minha paixão pelo mundo do imobiliário. Quando andava à procura de uma nova casa em Gotemburgo, enviava-me imensos links de casas maravilhosas, com decorações irrepreensíveis. Casas tão bem “encenadas” que era quase um crime não as comprarmos! Ficávamos as duas as suspirar e a sonhar com o dia em que iríamos ter casas assim. A Mafalda já conseguiu… eu hei-de chegar lá! 😛

O  mundo imobiliário na Súecia é uma perdição para qualquer pessoa que goste deste tipo de arquitetura e decoração. Eu vim de lá tão deslumbrada, que a Mafalda se lembrou que podia ser engraçado fazer uma “rubrica” semanal aqui no blog, onde pudesse partilhar connosco as têndencias do ramo imobiliário sueco. Como é óbvio, adorei a ideia! Não há ninguém melhor que a Mafalda para nos pôr a par de tudo o que por lá se passa.

Surge assim o ” The Swedish Home Report” e o primeiro vem já de seguida. Espero que gostem tanto quanto eu! :)

Salvar

Salvar

1
0

HOMESTORMING IS BACK

Dois meses de férias do blog! Tempo suficiente para sentir saudades de escrever e de partilhar convosco projetos e marcas que me fazem vibrar! Durante estes dois meses tive a sorte de passar algum tempo na Dinamarca e na Suécia e vim de lá super inspirada, com montes de ideias e projetos novos!

Como seria de esperar, fiquei completamente apaixonada pelas lojas de design suecas e dinamarquesas. Eu já era muito fã da Hay, da Normann Copenhagen, da Muuto, da Bolia, entre outras… mas estar lá, in loco, ver todas as peças ao vivo e sentir a vibe dos espaços fez-me ter a certeza de que este é o meu mundo, a minha paixão, a minha vocação!

Por isso, preparem-se!! O Homestorming volta hoje!! E já tenho um post super interessante prontinho para “sair do forno”.

Estejam atentos :)

2

1

0
1

AYALA HOUSE . ÁBATON & BATAVIA

A propósito de um projeto super interessante de uma casa modular portátil (que possivelmente irei mostrar aqui no blog), encontrei o atelier de arquitetura Ábaton. Andei a navegar pelo site deles e adorei praticamente tudo o que vi. Projetos de arquitetura simples, sem grandes artificialismos, com muita classe e bom gosto. Muita madeira, muita parede branca, algum betão à vista lá pelo meio… e acima de tudo, bons projetos de decoração que não destroem a arquitetura! Pelo que percebi, as decorações são da responsabilidade do atelier/loja Batavia, que também não conhecia, mas da qual já fiquei fã!

O projeto que vos mostro hoje é um dos meus preferidos. Tem o nome de Ayala House e situa-se no centro de Madrid. Consiste num projeto de remodelação integral de um apartamento muito antigo. Um verdadeiro trabalho de corte e costura, tendo sempre como objetivo a simplicação e a modernização.

A decoração é sóbria e leve, mas muito elegante. Os tons neutros combinam na perfeição com os acabamentos da casa, o que cria uma grande harmonia e uma sensação de conforto imbatível! Gosto mesmo muito :)

sala-1 sala- library

cozinha-e-sala

quarto

quarto-2

 

 

 

0
0

VERGA

Apesar de já estarmos praticamente a meio do ano, acabei de descobrir outra das grandes tendências de decoração para 2016 – Berços em Verga! Um retorno ao passado, à tradição e às artes manuais. Uma maneira muito interessante de resgatar uma arte que caiu completamente em desuso, mas que é capaz de produzir peças tão bonitas e com tanto detalhe!

Eu gosto… e vocês? :)

RATTAN2

rattan-crib

0
0

VILLA PALMIER

A Villa Palmier, em St. Barts, é tudo aquilo que podemos desejar numa casa de férias. Um ambiente relaxado, calmo, pacífico, junto à praia, com uma piscina e uma cama de rede. Não há melhor que isto! Fiquei apaixonada! Eu já queria muito ir a St. Barts… agora tenho mesmo é de conseguir ficar nesta casa maravilhosa!!! Mais info, aqui.

VILLA1

VILLA-2

VILLA-3

VILLA-4

VILLA-5

0
0

BLOCK TABLE by NORMANN COPENHAGEN

Os carrinhos de apoio são uma peça muito prática e muito versátil. Há quem não ligue muito, mas eu por acaso gosto imenso. Para além de servirem como apoio a um jantar, são extremamente decorativos e podem funcionar como tantas outras coisas… por exemplo: mesa de bar, mesa de cabeceira, módulo de arrumação debaixo de uma secretária, mesa de apoio ao lado do sofá, etc… No fundo, servem para tudo, só precisamos é de ter imaginação!

6022_block_table_all_1

Um dos meus modelos preferidos é o Block Table, desenhado por Simon Legald para a minha querida Normann Copenhagen. Feito em madeira, com tabuleiros metálicos, disponíveis em várias cores, este carrinho é super elegante, jovem e minimalista. Tal como vos disse antes, adapta-se na perfeição a qualquer espaço ou função e as imagens seguintes provam isso mesmo.

Espero que gostem :)

cop2

cop1

cop3

0
3

SHOPPING LIST

Ainda sobre o post anterior, uma das coisas que mais me impressionou foi a quantidade de candeeiros lindos, especialmente da Flos.

Para o caso de também terem reparado nisso, aqui fica uma pequena shopping list!

candeeiros

1. Candeeiro Suspenso Beat . Tom Dixon * 2. Candeeiro de Secretária Kelvin Led . Flos * 3. Candeeiro de Mesa Base . Tom Dixon * 4. Candeeiro Suspenso Taraxacum . Flos * 5. Candeeiro de Pé Arch . Flos * 6. Aplique de Parede IC . Flos * 7. Candeeiro Suspenso Zeppelin . Flos * 8. Candeeiro de Pé IC . Flos * 9. Candeeiro de Pé Birdie . Artemide

Beijinhos e Bom Fim de Semana!

0
1

APARTAMENTO EM LONDRES . TERESA SAPEY

Depois de uma semana um bocadinho complicada, nada como terminar este ciclo com imagens de um apartamento inspirador! Claro que a imagem que me conquistou logo à partida foi a do quarto, mas o resto não lhe fica nada atrás. Embora não seja 100% o meu estilo, gostei muito deste projeto realizado pelo atelier de Teresa Sapey.

Situada em Londes, em South Kensington, esta casa resulta da junção de 2 apartamentos, num edifício do século XIX. O resultado é um apartamento distinto, muito luxuoso, com peças icónicas e um bom gosto irrepreensível. Souberam tirar muito bem partido desta relação contemporâneo vs vitoriano e isso sente-se em cada um dos espaços. A casa tem uma alma muito própria, um estilo eclético marcante e uma harmonia muito interessante! Espero que gostem :)

CORREDORES

SALA-2

SALA-1

SALA-JANTAR-

SALAS-

QUARTO-1

0
3

DESIGN PORTUGUÊS

design-portugues

No passado Dia Mundial do Livro aproveitei o desconto de 20% da Fnac e comprei os oito livros que compõem a coleção “Design Português”. Já devorei o primeiro volume e mal posso esperar por começar o segundo!

Os livros estão organizados por ordem cronológica, desde o início do século XX até à atualidade, dando a conhecer o respectivo contexto histórico, os principais designers e as obras mais significativas no âmbito do design – da literatura à imprensa, da construção ao produto e da arquitetura à moda.

Estou a gostar mesmo muito destes livros! A linguagem é acessível e muito cativante e ficamos de facto a perceber o desenvolvimento da arte em Portugal ao longo dos últimos anos. Enquanto arquiteta acho fundamental conhecer a nossa história de arte e por isso, sempre que posso, vou acrescentando mais uns livrinhos à minha biblioteca. Se também se interessam por estes temas, esta é uma coleção a não perder! Fica a dica ?

0
4

BACKYARD by NENDO

Mais uma loja desenhada pelo maravilhoso Nendo! A sério… que Génio!! Não há nada que este atelier faça que eu não adore. Sou mesmo muito fã! No caso desta loja, a Backyard, o grande destaque vai para os expositores de madeira…  tão simples, mas tão perfeitos. O pormenor da tinta branca a fazer o efeito tie dye é absolutamente genial!

Minimalismo na dose certa :)

Mais info, AQUI!

backyard1

backyard2

BACKYARD3

0
7

MOSAICO DE TERRACOTA

Existem vários tipos de branco. Agora assim de repente lembro-me do leitoso, do baunilha, do sujo, do neve, entre muitos outros. Quando abrimos um catálogo de tintas, a oferta é tanta que começa a ficar difícil escolhermos a cor certa.  Eu, como sou muito tradicional nestas coisas e acho sempre que em equipa vencedora não se mexe, acabo por escolher sempre o mesmo – NCS S 0500 – N, nunca falha!! Paredes, tectos, portas, rodapés, aduelas, roupeiros e afins, leva tudo com este branco. Há quem diga que fica tudo demasiado frio, eu discordo totalmente… e ainda digo mais – gosto tanto de branco que até os azulejos que escolho para cozinhas/casas-de-banho costumam ser brancos!!

Mas… lá por serem brancos não significa que tenham de ser ultra boring, ok?!

Um dos azulejos que mais gosto de usar é o Porto da Recer. É o típico azulejo das estações de metro, com um biselado tridimensional, que confere aos espaços uma dinâmica visual muito interessante. Para além destes, também ando apaixonada por uns mosaicos de origem marroquina, feitos manualmente em terracota, que criam um efeito final meio tosco e que resultam super bem em ambientes contemporâneos mais estilizados!

1

AZULEJOS-MARROQUINOS

Todas as peças são únicas, com formatos e texturas ligeiramente irregulares e é exatamente isso que lhe dá a piada. O contraste entre os materiais confere uma alma muito especial aos espaços e o resultado final é tudo menos boring e frio, não acham?!

Eu adoro!!

0
1

FASHION BLOGGERS

Já vos tinha confessado aqui a minha ligeira (e recente) obsessão com o design australiano. Não sei se sou só eu que acho isto, mas parece que tudo na Austrália tem boa onda… as pessoas são super civilizadas, o design é irrepreensível, a comida parece deliciosa e a moda segue uma estética que me agrada mesmo muito!! Nunca senti tanta vontade de conhecer este país como agora.

O programa de televisão “Fashion Bloggers” contribuiu (e muito) para toda esta situação. Adoro este programa e adoro todas as bloggers que nele aparecem, especialmente a Sara Donaldson, do Harper and Harley e a Amanda Shadforth do Oracle Fox. Acho mesmo que são duas das minhas bloggers preferidas em toda a blogosfera!  Tanto na moda como no design de interiores, ambas refletem tudo aquilo que eu admiro e são uma verdadeira fonte de inspiração para mim. O meu último corte de cabelo foi altamente inspirado no cabelo da Sara! AHAHAH! Gosto mesmo muito desta miúda… tem imensa pinta, é linda de morrer e tem uns looks minimalistas para o dia-a-dia que são de babar!

HARPER-AND-HARLEY

A Amanda, por outro lado, é a minha maior referência quando procuro looks mais irreverentes… há sempre uma ou outra peça completamente out of the box, que transformam o mais simples dos básicos num look digno de Red Carpet! É a minha go-to person quando tenho um evento especial! Se ainda não conhecem, espero que gostem :)

ORACLE-FOX

2
0

BICICLETAS EM CASA

Cá em casa tenho um verdadeiro apaixonado por fixed gears e isso inspirou-me a procurar espaços onde as bicicletas fizessem parte da decoração! Nem sempre é fácil arranjar espaço para arrumar as bicicletas, por isso às vezes mais vale assumir que elas existem! Deixo aqui algumas dicas! Espero que gostem! :)

bike2

bike1

bike3

 

0
0

LA REDOUTE . TUDO A – 40%

Este fim de semana passei grande parte do meu tempo a navegar no site da La Redoute à procura de peças únicas e especiais para usar num novo projeto… e como seria de esperar, encontrei MUITAS!! Vocês já sabem que eu sou super fã da AM.PM, mas a verdade é que toda a coleção é linda de morrer!

Soube hoje que a La Redoute está a fazer uma mega promoção em todos os artigos até ao dia 26 de Abril. Se usarem o código 7253 têm direito a 40% de desconto + envio grátis! Se gostarem tanto desta marca como eu, então não podem deixar passar esta oportunidade. Eu sei que não vou perder! É a looooouucuuuuuuuura!!!

Estas são algumas das minhas peças preferidas ( não levem tudo ?):

objetos-redoute

  1. Cadeirão de Pele Dilma * 2. Candeeiro de Mesa Zella * 3. Secretária Jimi * 4. Tamborete de Jardim * 5. Almofada Norig * 6. Cadeira de Jantar Jimi * 7. Tapete Viga
0
14

TORNEIRAS DOURADAS

Se, como eu, perdem horas a navegar pelo Pinterest, então tenho a certeza que já repararam nesta tendência para 2016 – torneiras douradas!

Douradas? Sim! Pode parecer um bocadinho estranho, eu sei. Faz-nos voltar aos loucos anos 80, onde o dourado imperava em tudo o que era acabamento… mas acreditem em mim, a moda voltou! Claro que foi tudo adaptado aos dias de hoje e os modelos são muito mais clean e estilizados, mas a verdade é que o dourado e cobre voltaram em força!

Tanto em casas-de-banho, como em cozinhas, funcionam como um pequeno apontamento de cor e luxo, especialmente quando tudo o resto alterna entre o preto, branco e cinzento. Ao início não achava muita piada, mas agora começo a gostar. E vocês, o que acham?!

torneiras1

torneiras2

torneiras3

0
0

IGREJA REMODELADA . SCRAFANO ARCHITECTS

Na semana passada partilhei convosco uma igreja, em Espanha, que tinha sido transformada num skate park. Hoje trago-vos outra igreja, desta vez em Chicago, que após a intervenção do atelier Scrafano Architects em conjunto com Linc Thelen Design  se transformou num confortável e acolhedor lar para uma jovem família com 3 filhos!

Quem diria que uma igreja podia ficar assim?!! É mesmo impressionante! Gosto imenso da zona social da casa (sala e cozinha), dos quartos das crianças (em especial da parede de escalada) e do lavabo social! Está tudo tão chic! Adoro!! <3

CASA-IGREJA-3

CASA-IGREJA1

CASA-IGREJA2

quartos-criancas

wc-e-quarto

0
0

A casa de Daniel Heckscher

Para quem adora o branco tanto quanto eu, este projeto até pode fazer alguma confusão… mas a verdade é que quanto mais vejo, mais admiro a coragem e a ousadia deste designer sueco, que propositadamente aboliu o branco da sua casa! Não é tarefa fácil, mas Daniel Heckscher (do Note Design Studio) fê-lo na perfeição!

Começamos pelo hall de entrada, integralmente forrado com azulejos rosa claro. Adoro o pormenor das juntas encarnadas e o facto dos azulejos estarem na diagonal! O pavimento faz um padrão espinhado e apesar ser branco, tem as juntas em preto, o que lhe dá imenso charme.  Por fim, temos a porta de entrada da casa, pintada de coral, uma cor que vamos ver muito ao longo de toda a casa.

entrance1

entrance2

O hall dá acesso aos restantes espaços da casa. Começamos pela casa de banho, com uma porta azul, que contrasta com os tons corais/rosas do hall. O seu interior, também é revestido a azul, embora mais soft. Na cozinha, como podem ver, Heckscher apostou no verde! O pavimento é feito com tábuas de madeira pintadas de azul escuro, a fazerem um padrão geométrico aos quadrados.

bathroom-e-kitchen

Nas zonas sociais, o designer apostou no coral, em contraste absoluto com o azul escuro, praticamente cinza, do lambrim e do pavimento. O resultado é um espaço “quente”, acolhedor e intimista. Em termos de decoração, as peças são predominantemente escuras, mantendo assim uma continuidade visual com o lambrim.

living-1

LIVING-ROOM-2

living2

Por fim, temos o quarto, acedido através da zona de jantar. De coral, passamos para um azul forte e intenso, num ambiente monocromático, muito simples, que dá destaque ao trabalhado da parede da cabeceira.

BEDROOM

Normalmente costumo ter uma grande aversão a casas em que cada divisão tem a sua cor. Fazem-me logo lembrar um restaurante mexicano…. MAS… tenho que confessar que até gostei muito de ver este projeto. Se o faria na minha casa? Penso que não… mas gostei de perceber que esta dinâmica de cores até pode funcionar bem! Sempre a aprender com quem sabe! ?

Se quiserem saber mais acerca deste projeto, passem por AQUI.

Bom fim de semana!!

0
0

KEY TO STYLE by NENDO

“Key To Style” é o nome de um dos pisos do edifício principal dos armazéns de moda japoneses “Seibu Shibuya”. Pelo que percebi é um género de Galerias LaFayette, com marcas como a Louis Vuitton, Hermés, Balenciaga, Comme des Garçons, Marc Jacobs, Issey Miyake, Max Mara, Ralph Lauren, Kate Spade, entre outras. Um luxo!

Recentemente, este tal piso foi alvo de uma profunda remodelação, pelas mãos do arquiteto e designer Nendo (um dos meus artistas preferidos) e o resultado é absolutamente espetacular!! O conceito para esta intervenção teve como base um parque de diversões. A área de vendas e provadores foi inspirada numa tenda de circo e a zona de exposição das marcas assemelha-se a pequenas bancas de feira. As cores alternam entre o azul Limpet Shell, o branco, o cinza, o preto e os tons acastanhados da madeira e do OSB.

NENDO1

NENDO2

NENDO3

O “Key to Style” é um piso dedicado inteiramente ao público mais jovem, daí que os espaços sejam tão intensos e dinâmicos, mas ao mesmo tempo tão descontraídos e divertidos. Desde chevrons, riscas e bolinhas a losangos, espelhos e luzes, este projeto tem de tudo! Parece que de repente entramos num mundo de fantasia, completamente diferente de tudo o resto… e com tanta coisa gira para ver e absorver, o mais complicado é mesmo conseguirmos reparar na roupa, não acham?!

Gostei mesmo muito!! Nendo nunca desilude :)

NENDO8

NENDO4

NENDO6

nendo7  NENDO9

0
0

AURA HOME CERAMICS

Desde que comecei a ver o The Block, passei a prestar mais atenção ao design australiano! Não sei se conhecem esse programa, mas basicamente consiste num concurso de makeovers, na Austrália, onde vários casais ficam responsáveis pela remodelação integral de uma casa/apartamento. Os concorrentes vivem nas casas que lhe são atribuídas e vão recuperando os diferentes espaços, ao longo de vários meses. No final, todas as casas vão a leilão e quem conseguir o valor mais alto, ganha!  Para quem gosta de obras, decoração e arquitetura, não há programa melhor!

Como vos disse, o The Block despertou em mim um maior interesse relativamente ao design australiano. Até aquela altura conhecia muito pouco, mas desde então parece que tudo o que eu gosto vem da Austrália – a Adore Home Magazine, a Megan Hess, a Laura Blythman, a Globe West, a Mint Interior Design, as bloggers do Oracle Fox e do Harper&Harley , a Aura Home, entre outros… e é precisamente sobre a nova coleção de cerâmicas da Aura Home que venho falar hoje.

Peças coloridas, divertidas e com padrões geométricosacho que não preciso de me alongar muito, vocês já sabem o quanto eu gosto disto. Podia vir TUDO cá para casa! :)

Feitas em porcelana de qualidade superior, existem várias coleções/séries disponíveis. A grande vantagem é que podemos comprar tudo avulso e fazer umas misturas de padrões e cores bem giras! Já não se aguenta ver serviços de mesa todos iguaizinhos, a fazer “pendant”, por isso, toca a investir num bom e original mix&match, AQUI.

AURA-HOME

AURAHOME-2

0
3

LA IGLESIA SKATE

Já não é a primeira vez que vemos uma igreja a ser transformada numa casa…. mas uma igreja transformada num skate park, isso sim, é uma estreia!

Mais conhecida por La Iglesia Skate, esta igreja situada nas Astúrias (Espanha) foi alvo de uma profunda intervenção artística, em 2014, pelas mãos de Okuda San Miguel, um dos nomes mais sonantes da arte urbana em Espanha. Em colaboração com a Red Bull, Okuda preencheu todas as superfícies da igreja com desenhos geométricos de grande escala, cheios de cor e ritmo, criando assim uma simbiose muito interessante entre arte, religião e desporto! O resultado é um espaço absolutamente inacreditável, completamente diferente de tudo aquilo a que estamos habituados a ver numa igreja! Um lugar muito original para visitar e quem sabe, aprender a andar de skate!

Mais info acerca do projeto e de todos os que neles estiveram envolvidos, aqui , aqui e aqui!

2

igleia-1

1

0
0

PRADA MARFA

il_570xN.416058200_8hty

Vemos esta imagem um pouco por todo o lado mas será que sabemos realmente o que significa?!

“Prada Marfa” consiste numa instalação de arte permanente, criada por Michael Elmgreen e Imgar Dragset, situada perto de Marfa, uma cidade do Texas. Inaugurada em 2005,  esta “loja” da Prada não passa de um cenário, construído com tijolos de barro, painéis de MDF, gesso e alumínio. A porta não abre e as montras expõem sapatos e malas originais da Prada, mas com pequenas alterações – as malas não têm fundo e escondem um pequeno alarme, que é ativado ao mínimo movimento! Estas precauções foram tomadas após a instalação ter sido vandalizada logo após a inauguração e terem sido roubadas todas as peças que Miuccia Prada tinha selecionado para fazerem parte da exposição.

prada-marfa-111

De acordo com os artistas, Prada Marfa pretende afirmar-se como um “Pop Architectural Land Art Project”, ao estabelecer um enorme contraste entre o objeto em si e a paisagem que o rodeia. É uma peça provocativa e irreverente, que pretende criticar o consumo desenfreado das marcas de luxo e a gentrificação que se tem vindo a sentir em todo o mundo. Curiosamente, acabou por se tornar um símbolo do luxo e do poder material… o que vai completamente contra tudo aquilo que os artistas tinham idealizado!

O poster acima tornou-se ainda mais célebre quando foi inserido na decoração da casa de Lilly Bass, uma das personagens da famosa série Gossip Girl. De repente, todas as it-girls, bloggers e afins tinham o mesmo poster em suas casas. Tornou-se viral e praticamente obrigatório para todos os que gostavam de moda! A instalação ganhou assim todo um outro signficado, passando a ser um ícone deste mundo!

prada-2

prada1

0
2

VASO SUNNORA . LA REDOUTE

Com tantas festividades, já me ia esquecendo de agradecer à La Redoute o presente que me enviaram! ADOREI!!

LAREDOUTE

Estes vasos fazem parte da nova coleção da La Redoute Interieurs e são feitos em cimento, com um padrão azul e branco, a fazer lembrar os típicos azulejos portugueses. São mesmo giros!! Mais info, AQUI!

Obrigada La Redoute! A vossa coleção de casa está cada vez melhor e sempre a surpreender. Sou tão fã! :)

0
0

NLC HOSTEL

Então, que tal essa Páscoa?! :) Comeram muitas amêndoas ou nem por isso? Eu tenho “a sorte” de ser alérgica a frutos secos e como tal não comi nenhuma! Em vez disso, deliciei-me com um bolo de Alfarroba, feito por mim, que foi um verdadeiro sucesso!

Esta Páscoa tive uma grande surpresa! Quem me segue no Instagram e no Facebook é capaz de já ter visto esta publicação, mas volto a deixar aqui as imagens e as palavras super simpáticas (e inesperadas) da equipa da NIT ( New In Town) acerca do New Lisbon Concept Hostel, um projeto realizado por mim, juntamente com o meu namorado André.

1-HOSTEL

2-HOSTEL

Não fazem ideia de como fiquei feliz ao ver o artigo! Já algum tempo que ando para fazer um post acerca do Hostel, mas ainda não consegui reunir todas as fotografias. De qualquer das formas, já podem ver  parte do projeto  no separador do Portfolio lá em cima!

Espero que gostem! Nós adorámos fazer parte deste projeto (com todas as suas condicionantes) e acreditamos mesmo que o resultado final não podia ser melhor! Obrigada à Ana e ao Pedro por confiarem em nós e nas nossas ideias! Foi um prazer :) Venham mais projetos assim! Ehehehe

Podem ler o artigo completo, AQUI.

3
10

SHOP . VILLA EXTRAMUROS

Ainda sobre a Villa Extramuros, fiz uma pequena seleção das peças que fui reconhecendo nas fotografias! Li algures num site que todas as peças que compõem a decoração da Villa estão à venda… não sei se é mesmo verdade, mas se for, é uma grande ideia!

 

MOVEIS-VILAMUROS1. Orgone Chair . Marc Newson * 2 . Mesa Tulip com Tampo em Mármore . Knoll * 3. Cadeira com Pé de Cimento . Magis * 4. Candeeiro de Mesa . Verner Panton * 5. Pouf Almofadão de Exterior . Fatboy * 6. Manta . Hermés * 7. Banco Heidi . Established and Sons * 8. Espelho . Established and Sons * 9. Cadeira . Driade * 10. Mesas de Cabeceira Componibili . Kartell

Obrigada à Wik pela ajuda no meu momento de bloqueio mental em que não me lembrava do nome do senhor que desenhou a Orgone Chair!

Thanks Wik!

0
0

VILLA EXTRAMUROS

Este ano o meu aniversário calha numa sexta-feira. Como tenho sempre folga no meu dia de anos, pensei que podia ser giro passar o fim de semana prolongado num sítio qualquer fora de Lisboa. Desde o verão do ano passado que a Villa Extramuros (em Arraiolos) me andava debaixo de olho e por isso não hesitei em ir ao site deles ver se tinham vaga. Infelizmente já estavam booked nas datas que eu pretendia, mas ainda não perdi a esperança de ir lá este ano.

Conheci este projeto através de uma revista de decoração estrangeira e nem queria acreditar que era mesmo aqui ao lado em Arraiolos! Para além do fantástico projeto de arquitetura, desenvolvido pelo atelier Vora Arquitectura, a decoração é uma das mais ricas e mais interessantes que tenho visto ultimamente em hóteis/casas de turismo em Portugal.

Inspirada nos castros romanos, o edifício presta homenagem aos materiais locais, apostando na simplicidade e na tradição. O mármore e a cortiça estão presentes em todos os espaços da casa, criando assim uma ligação entre o passado e o presente. O mesmo se pode dizer quanto à decoração. A casa parece quase uma galeria de arte, tal é a quantidade de peças icónicas que vemos por m2!! É uma loucura! Temos obras dos anos 50, misturadas com peças de design contemporâneo… temos o luxo das grandes marcas internacionais em comunhão com simples banquinhos de madeira alentejanos… é tudo tão bem enquadrado, que o resultado, claro, só podia dar nisto – um espaço eclético e descontraído, de muita qualidade e bom gosto! É o sonho de qualquer designer de interiores!

Espero que gostem :)

3

1

2

8

4

6

5

villa-extramuros-14

7

VILLA EXTRAMUROS , Horta do Chaveiro, Caixa postal 209, 7040-114 Arraiolos. Portugal

Telefone: +351-91119-2550 ou +351-266-429-506
0
0

JOSEPH DIRAND

Encontrei um novo crush no mundo dos interiores!! Durante muito tempo fui fiel ao Jaime Hayón, mas agora descobri o Joseph Dirand, que para além de ter muita pinta, tem um talento e um bom gosto inacreditáveis!!

Filho do lendário fotógrafo Jacques Dirand (que se especializou na fotografia de interiores), Joseph nasceu em Paris, em 1974. Tirou o curso de Arquitetura e abriu o seu próprio atelier pouco tempo depois de acabar o curso. Um dos seus primeiros projetos foi a loja de Junko Shimada em Paris e a partir daí tem sido solicitado para todo o tipo de projetos, residenciais e comerciais. Nos últimos anos foi responsável pelo design de lojas de marcas como Givenchy, Pucci, Balmain, Rick Owens e Alexander Wang. Outros projetos recentes incluem um hotel nos Alpes Franceses (em parceria com India Mahdavi) e o famoso restaurante Monsieur Bleu, em Paris.  É, portanto, um dos designers mais hot do momento!!

Em termos de estética, Joseph Dirand aposta em linhas assumidamente minimalistas, com uma noção de escala e proporção impressionantes. A sua atenção ao detalhe, o rigor do seu desenho e o recurso exclusivo a materiais de extrema qualidade são outras das suas características. O resultado, como já seria de esperar, é sempre perfeito, verdadeiramente breathtaking!

Curiosamente, quando vi os seus projetos estava longe de imaginar que tivesse uma aparência tão jovem, simples e relaxada. Como podem ver na fotografia em baixo, Joseph surge com uns simples jeans, uma t-shirt básica preta e uns ténis, praticamente uma antítese daquilo que projeta nos seus espaços! A fotografia foi tirada na própria casa de Joseph, integralmente decorada por ele. Gostei tanto deste seu projeto que resolvi partilhar convosco!

Espero que se tornem tão fãs do Joseph Dirand quanto eu! Mais info, aqui.

1

4

2

3

0
1

ARTEK

Criada em 1935 por Alvar Aalto, Aino Aalto, Maire Gullichsen e Nils Gustav Hahl, a Artek é uma das marcas de mobiliário mais conhecidas e reconhecidas a nível internacional. É um símbolo do design nórdico e uma referência para todos os arquitetos!

A Artek tinha como objetivo mudar mentalidades e promover um estilo de vida moderno, com peças de qualidade, com um desenho inovador. Os seus móveis destacavam-se pelas suas linhas curvas, elegantes e delicadas, completamente revolucionárias para a época. A peça mais conhecida será provavelmente o Stool 60, um verdadeiro ícone, que inspirou tantas outras criações  – como o banco Frosta do Ikea.

Pioneira, versátil, funcional e absolutamente genial, serão possivelmente as melhores palavras para descrever a Artek, que até aos dias de hoje continua na vanguarda do design de mobiliário. A sede permanece na Finlândia ( país onde foi criada) mas existem lojas espalhadas por todo o mundo, nomeadamente em NY, Berlim, Tokyo e Estocolmo.

Ficam aqui alguma das minhas peças preferidas, todas elas criadas entre as décadas de 30 e 60! Qualquer semelhança com peças de outras marcas não será, certamente, coincidência! Eheheh :)

ARTEK

 
0
0

UNIQUE PLATES . YVONNE ELLEN

Graças ao meu querido amigo Vítor Neto (que partilha sempre coisas giríssimas no Facebook) conheci a maravilhosa coleção de pratos de Yvonne Ellen. Totalmente pintados à mão, estes pratos destacam-se pelo seu design inovador, que divide o desenho por 2 pratos, criando uma continuidade muito fora do comum! São TÃO giros!! Amei!!  ? ❤️

pratos2

pratos1

pratos-3

 Os pratos fazem parte da coleção Unique Homewares by Yvonne Ellen, onde também podem encontrar chávenas, bules de chá, toalhas, entre outros. Toda a coleção prima pela originalidade e o bom humor! São peças divertidas, coloridas e ótimas para um lanche cool entre amigas! Mais info aqui!

pratos-6

Obrigada Vítor pela inspiração!

Bom Sábado e Feliz Dia do Pai para todos os pais que me estejam a ler!

0
0

Apartamento em Helsínquia

Hoje trago-vos uma casa completamente diferente da anterior! Neste projeto reinam as cores, os padrões e as texturas, em contraste absoluto com o branco do pavimento, paredes e tecto. Eu adoro pavimentos de madeira pintados de branco. Eu sei que ás vezes é um crime “estragar” madeira boa, mas quando a madeira não está em muito bom estado, ou nem é assim tão gira, então mais vale pintá-la de branco. O resultado é sempre lindo! Os espaços ficam muito mais iluminados, ganham imensa amplitude e são uma ótima base para qualquer decoração.

Esta casa, embora pequena ( se não estou em erro é um T1) aguenta muito bem toda esta variedade de padrões e cores. A decoração é vibrante, mas o espaço não ficou nada sobrecarregado. Eu até acho que está super confortável e acolhedor! Tem o equilíbrio perfeito entre cor, branco e padrões!

Embora não seja muito fã deste azul Klein, acho que resultou muito bem na cozinha. A cor forte dos armários ajuda a criar a ilusão de que são 2 espaços diferentes, sem que para isso seja necessário usar divisórias.  Quanto à casa de banho, adoooooro este azulejo branco e adooooooro o pavimento tipo mosaico hidráulico. O aparador vintage é a cereja no topo do bolo. Perfeito!!

Por fim, resta-me só dizer que o projeto foi realizado por Linda Bergroth , designer de interiores filandesa. Para mais informações, podem ir aqui.

lb1

lb3

lb2

lb4

0
0

DESTINO: COPENHAGA + GOTEMBURGO

YEY, a primeira viagem deste ano já está marcada!!! Finais de Junho partimos em direção a Copenhaga ( OMG, excitamento total!!!) e depois seguimos para Gotemburgo, na Suécia, visitar os nossos amigos Mafalda, Magnus e Tesla e celebrar o Midsummer! Não podiamos estar mais felizes!! Já estou a babar com todos os sítios lindos e todas as lojas maravilhosas que vamos ver em Copenhaga. É uma cidade obrigatória para todos os arquitetos e designers… e eu já estou a contar os dias!

Alguém por aí que tenha dicas ótimas para partilhar? Serão sempre bem vindas!  :)

copenhaga

Uma pequena amostra de tudo aquilo que não posso perder!

0
1

ANTIVILLA by Arno Brandlhuber

Em Potsdam, uma pequena cidade nos arredores de Berlim, existe uma casa que tem dado muito que falar! Arno Brandlhuber é o arquiteto responsável pelo projeto, que converteu um extinto armazém/fábrica dos anos 80 numa casa para a sua família! Transformar uma fábrica numa casa soa estranho, eu sei, mas do ponto de vista arquitetónico é dos projetos residenciais mais interessantes e estimulantes que pode existir!

fora

Partindo de uma estética muito crua, Arno Brandlhuber criou um espaço escultural, muito minimalista, com características próprias do Brutalismo. O exterior parece um misto entre inacabado/degradado, mas a verdade é que foi tudo pensado ao mais ínfimo pormenor – a destruição das janelas é propositada!!

O interior é marcado pela utilização do betão em quase todas as superfícies, em contraste com a fluídez das cortinas brancas que vão dividindo alguns dos espaços. Todas as peças que compõem a decoração pertencem a designers/artistas reconhecidos, o que ajuda a criar a ideia de que mais do que uma casa, este projeto pretende ser uma verdadeira obra de arte!

aaa

1c

1g

1b

1a

0
6

ICED COFFEE

Depois de um fim de semana destes, cheio de sol e calor, não apetece mesmo nada voltar à rotina diária! Não há dia pior que a 2ª feira… ou melhor, não há momento pior que a 2ª feira de manhã. Aquele embate matinal, aquela vontade louca de não sair da cama e inventar uma doença altamente contagiosa, sei lá… é um tormento! Claro que com o passar das horas este terror se vai esbatendo, mas custa sempre um bocadinho voltar a entrar na engrenagem.

Como à 2ª feira precisamos de muuuuuuuito café para manter o bom humor,  hoje trago-vos o Iced Coffee, a cor mais soft e mais neutra da paleta da Primavera.  Tal como o próprio nome indica, é uma cor que me lembra a minha bebida preferida do Starbucks – o Frappuccino de CaféNum misto de branco, com bege e castanho, é uma cor elegante, discreta e muito apaziguante.

iced-coffee

objetos-iced-coffee

  1. Candeeiros de tecto . Secto * 2. Sofá Altopiano . Zanotta * 3. Aparador em Madeira . Jaime Hayón * 4. Cadeirão . Moroso * 5. Individuais/Marcadores . Bloomingville * 6. Pouf Marroquino . MB Home * 7. Jarra . Gaetano Pesce * 8. Almofada . Zara Home * 9. Pele de Vaca . Zara Home * 10. Papel de Parede Saraille . Designers Guild
0
0

LIMPET SHELL

Para 6a feira reservei o Limpet Shell, a minha cor preferida para esta Primavera. ADORO! Cá em casa tenho imensa coisas neste azul – tabuleiros, vasos de plantas aromáticas, caixinhas e até talheres para salada!!! Tal é a minha pancada, que sempre que a minha mãe vê alguma coisa nesta cor, diz logo que é o MEU azul!

É uma cor tão fresca, tão divertida e tão descontraída! Até a peça mais boring da vida se torna especial com esta cor.  Eu não consigo resistir… vocês conseguem?!

limpet-shell-2

Mais umas quantas pecinhas para alimentar esta minha compulsão:

LIMPET-SHELL-

  1. Pouf Redondo . Missoni Home * 2. Caixas de Madeira . Bloomingville * 3. Candeeiro de Mesa .  Normann Copenhagen 4. Cadeira Desdobrável . Ikea * 5. Candeeiro de Pé . Cult Furniture * 6. Carrinho de Apoio . Ikea * 7. Caixote do Lixo . Umbra * 8. Acessórios WC . Blue Sun Tree * 9. Manta com Gregas . Jonathan Adler * 10. Saco de Arrumação para Brinquedos . Bloomingville

Boa Sexta Feira!! :)

0
14

INSPIRAÇÃO

Estou aqui a preparar os restantes posts sobre as cores da Primavera e cruzei-me com esta imagem!

À partida, uma simples parede de betão e um pavimento de madeira não gritam “crianças” mas bastou umas quantas cadeiras coloridas para trazer vida ao espaço! A iluminação da Artemide (Castore) também é uma solução pouco convencional numa sala para crianças, mas aqui resultou na perfeição. Adoro que não tenham usado elementos demasiado infantis para criar este espaço! Está tão simples e tão giro!!

children's_room_decor_with_kids_chairs

0
0

WHO RUN THE WORLD? GIRLS!

Para celebrar o dia Internacional da Mulher, as minhas amigas Maria e Inês (aka A.M.O.R.)  juntaram-se com outras artistas mulheres – Coco Solid, Alinka, Debonair e Nightwave – e criaram uma cover da música “Let it be House” de Mike Dunn,  que podem ouvir aqui:

A música pode ser descarregada AQUI. Todo o dinheiro resultante dos downloads será integralmente doado para a Equality Now, uma ONG que luta pela igualdade de géneros em todo o mundo!

Feliz Dia da Mulher!

0
0

COZINHAS EM PRETO

Para uma pessoa que praticamente só se veste preto, os últimos posts já são demasiadas cores juntas! Ahahahah Sinto que preciso de algo que corte com este mini arco-íris e por isso hoje vamos falar sobre cozinhas pretas, o que acham?! Gostam, ou nem por isso?

Aqui em Portugal existem 2 grandes fobias no que diz respeito a decoração – o preto e o branco. Quando um projeto tem muitos elementos brancos, é costume ouvir-se ” ai, tão branco, parece que estamos num hospital”. Por outro lado, quando inserimos muito preto, a resposta é  quase sempre esta ” ai credo, parece que estamos num funeral”.

Por esta razão, não é muito habitual fazer-se cozinhas com móveis pretos. Eu própria só conheço 2 pessoas que têm a cozinha assim – a Maria e o João (responsáveis pelo maravilhoso design deste site). Tal como eu, eles adoram espaços integralmente brancos… e na cozinha optaram por colocar móveis pretos, em contraste com o branco das paredes. Se a cozinha deles ficou fria? NADA… Se parece que estamos num hospital? Claro que não!! Aliás, é um espaço super confortável e sempre que há jantares lá em casa, acabamos por nos reunir todos na cozinha.

Para uma cozinha com móveis pretos resultar bem, para mim, só precisam de ter uma condição – serem mate. Esqueçam os móveis lacados a alto brilho! Não há nada como a classe e sofisticação do preto mate. Aliás, não é por acaso que de repente vemos imensos carros em preto mate. É mesmo muito elegante!

Uma combinação perfeita é o preto, com branco e a madeira de carvalho. Ao ver estas imagens percebi que também gosto muito da ideia de prolongar o preto para a pintura da parede. Isto torna o espaço muito mais homogéneo e uniforme. Adoro!! E vocês? :)

kb3

bk4

BLak-kitchen

kb2

bk1

Os posts acerca das cores da Primavera não estão esquecidos – voltam amanhã!

0
3

CAREER ADVICE . RACHEL ZOE

Eu sou super fã da Rachel Zoe. Nem é tanto por ela ser stylist de todas as celebridades, mas sim pela carreira que tem conseguido desenvolver ao longo dos anos. Gosto de ver mulheres poderosas, com carreiras bem estruturadas. Gosto de saber que é possível conciliar um trabalho exigente com a maternidade e a vida familiar…e gosto de perceber que partilhamos dos mesmos ideais em termos de work ethics. Faz-me acreditar que de alguma forma poderei vir a ter o mesmo nível de sucesso e reconhecimento.

Tal como a Rachel, quem me conhece, sabe que eu sou vidrada no meu trabalho. Acho que sou assim porque na verdade não o vejo como um “trabalho” mas sim como a minha vocação, a minha paixão. E sou muito feliz assim! Quando não estou no atelier, estou a fazer projetos em casa… e nos meus tempos “livres” ainda me dedico a este blog, que mais uma vez, é um prolongamento da minha profissão. Claro que tenho toda uma outra vida (e outros interesses) fora deste círculo, mas tendo em conta que o meu namorado é arquiteto, ás vezes não há muito por onde escapar! Muitas das nossas conversas acabam por ser acerca de pavimentos, revestimentos, edifícios, móveis, etc… mas eu adoro!

Esta semana a Rachel Zoe partilhou alguns dos seus top career advices…  e como fã que sou, não resisti a espreitar. Concordo e revejo-me a 100% por cento com tudo o que li!! Penso tal e qual assim…. e por isso deixo-vos aqui algumas das suas dicas.

Espero que também gostem!

Beijinhos e Bom Sábado!!

1-rz

2-rz

0
0

BUTTERCUP

E depois do post de ontem, só podia mesmo seguir para o Buttercup, o amarelo que tão bem iluminou o projeto de Roberto Migotto. Mais uma cor desta Primavera, mais um conjunto de imagens e de peças para vos mostrar. Tenho vindo a falar muito acerca desta cor aqui no blog ( por exemplo, aqui). Como sabem, ao início odiava, mas com o passar do tempo comecei a gostar e agora já não dispenso uns quantos splashes de amarelo em todos os meus projetos. É mesmo uma cor cheia de vida e luz!

cool-molding-design-33

E agora as peças!

AMARELO-OBJET

  1. Cadeirão . Ikea * 2. Tabuleiro em Acrílico . Alexandra Von Furstenberg * 3. Candeeiro de tecto . Muuto * 4. Tabuleiro . Hay * 5. Mesa de Apoio . Ikea * 6. Almofada . Orla Kiely * 7. Copos de Porcelana . Revol * 8. Candeeiro de Pé . Jieldé * 9. Caixinha . Universo Positivo * 10. Cadeira de Metal . Frankie * 11. Tapete . Hay

Boa Sexta-Feira e, mais importante ainda, Bom Fim de Semana :)

0
0

SNORKEL BLUE

Que dia mais lindo, que sol tão bom!! Já tinha tantas saudades disto. Hoje vim a conduzir nas calmas desde Lisboa até Cascais pela Marginal, a aproveitar o sol, o mar, a ouvir D’Angelo…  soube mesmo bem! Foi ótimo para aliviar o stress!

Para hoje trago-vos outra das cores oficiais da Primavera, o Snorkel Blue. Quando li o nome, curiosamente não associei logo a este azul tão forte e intenso. Para mim, tudo o que meta snorkel implica uma água azul turquesa e peixes coloridos, por isso, estava à espera de algo mais soft. De qualquer das formas, é uma cor linda e refrescante, que combina na perfeição com estes dias solarengos!

O azul é uma cor que se usa imenso em decoração. É considerada uma safe-colour, ou seja, resulta quase sempre bem, qualquer que seja o tom. Um dos projetos que me vem logo à memória quando penso em azul é o projeto do brasileiro Roberto Migotto para a Casa Cor 2013, em São Paulo. Branco, azul e alguns apontamentos de amarelo são a base para esta decoração, que me deixou completamente de queixo caído. Lembro-me tão bem de estar a ver este projeto pela primeira vez e a cada fotografia que passava ia tendo mini ataques de histerismo. Eu sou assim, quando gosto mesmo, fico histérica!

rm1

rm2

rm3

blue-snorkle-

Se gostaram tanto destas imagens quanto eu, deixo aqui algumas sugestões de peças em Snorkel Blue!

SNORKEL-BLUE-OBJECTS

  1. Sofá Era . Normann Copenhagen * 2. Candeeiro Tolomeo . Artemide * 3. Caixa de Arrumação em Feltro . Muuto * 4. Manta Xadrez . Rugby World Cup * 5. Relógio de parede Crooked . Progetti * 6. Almofadas . IKEA * 7. Infusor de ervas para chá . Normann Copenhagen * 8. Base para Copos * 9. Conjunto de 3 Tabuleiros . Nomess  * 10. Cadeira . Kartell
2
6

QUARTZ ROSE

Já se escreveu muita coisa acerca do Rose Quartz ( e do Serenity também) por isso não me vou alongar muito! Cor feminina, elegante e sofisticada, é também a cor de uma pedra preciosa associada ao amor e às relações amorosas! Pessoalmente não é uma cor que me fascine por aí além, mas adorei este projeto da India Mahdavi para o célebre Sketch, em Londres.

DS_gallery_1

rose-quartz

Se andarem à procura de algumas peças neste cor, deixo aqui algumas sugestões:

rose-quartz-images

1.Cacifo de Metal . La Redoute * 2. Mesa de Apoio . Hay * 3. Candeeiro de Pé . Moooi * 4. Sofá . Muuto * 5. Cabides de Parede . Muuto * 6. Caixas de Metal . La Redoute * 7. Cadeira Panton . Vitra * 8. Almofada com Estrela . Gant Home * 9. Conjunto de 2 Velas . H&M * 10. Almofada de Pêlo . New Zealand * 11. Candeeiro de Mesa  . Bloomingville

0
0

SPRING 2016

Não há nada melhor que acordar no primeiro dia de Março e perceber que tenho este sol lindo e radiante à minha espera! Março, mês da Primavera, dos fins de tarde cada vez mais compridos, do calorzinho bom, dos almoços na esplanada … tão bom! :)

Por isso, para começarmos a entrar neste mood mais primaveril, trago-vos a lista das 10 Cores eleitas pela Pantone para a Primavera 2016. Ao longo da semana vou partilhando imagens de peças e ambientes com cada uma das cores. Espero que gostem e que se inspirem!

02-pantone-fashion-color-report-2016-spring-summer

 

0
14

RED CARPET – OSCARS 2016

Eis que chegou finalmente o dia, a noite, o momento em que o Leonardo Di Caprio ganhou o Óscar! Estavamos todos a torcer pelo ator… e se a Academia nos falhasse desta forma, eu não tenho dúvidas de que haveria motins nas ruas! O Di Caprio TINHA de ganhar, não havia outra hipótese. Ok, eu também adorei o Eddie Redmayne na Rapariga Dinamarquesa, mas o Di Caprio já merecia! Grande ator, grande talento e grande inteligência na escolha dos papéis. Um dos melhores atores de Hollywood, for sure! Go Leo!!

Posto isto, vamos falar acerca do 2º momento mais importante da noite… hmmm… não, esperem… o 2º foi a atuação verdadeiramente arrepiante da Lady Gaga. Melhor atuação da noite!! Portanto, o 3º momento mais importante da noite – a Red Carpet! Como sempre, há uma toda uma excitação em torno desta passadeira vermelha, mas tenho de confessar que não gostei realmente de nada! Houve vestidos giros e looks bem conseguidos, mas nada que arrebatasse o meu coração. Fiquei o tempo todo à espera que a Jennifer Lawrence aparecesse e quando finalmente apareceu, não amei. Gostei essencialmente do cabelo e da maquilhagem, mas o vestido não me impressionou por aí além.

Fiquei com imensa pena que a Alicia Vikander tivesse levado aquele vestido justamente na noite em que ganhou o Oscar. A sério que ninguém lhe arranjou nada mais bonito?!! Ela é TÃO linda, como é que a metem naquela aberração?!! É que depois são estas as fotos que vão ficar para a eternidade … será que ela tem noção disso?! Mau, muito mau! De resto, houve muitas outras preciosidades. Algumas já são as suspeitas do costumes, outras são estreantes – Kerry Washington, Sofia Vergara, Julianne Moore e Jennifer Garner estou a falar convosco!  Onde é que tinham a cabeça?

Bem… vejam o meu top 3 e digam-me se concordam comigo:

divas

Nunca pensei dizer isto, mas, a Lady Gaga foi uma das minhas preferidas da noite! Ela e a Charlize Theron levam a taça! Estão empatadas! Um pouquinho mais abaixo, mas ainda assim no meu top, está a Olivia Munn – Simples, elegante e com muita classe.  A Margot Robbie também podia subir ao pódio, mas vou deixá-la no 4º lugar, só porque era demasiaaaado dourado para mim!

Num patamar intermédio, coloco a Rachel McAdams, a Cate Blanchett, a Naomi Watts, a Saoirse Ronan, a Olivia Wilde (não gostei muito do sítio onde o vestido assentava, senão era das minhas preferidas) e a Rooney Mara. Estão bem, estão bonitas, mas não aquecem nem arrefecem!

Agora, na base da cadeia alimentar, mesmo mesmo lá no fundo, infelizmente vou ter de pôr a minha querida Alicia Vikander, a Heidei Klum, a Brie Larson, a Reese Witherspoon e a Kate Winslet.  De uma maneira geral, estavam todas muito “Baile de Finalistas da Escola Secundária da Brandoa”. Modelitos muito básicos, cores estranhíssimas e tecidos medonhos! Concordam?

not-divas

0
5

AGA

A primeira vez que vi um fogão AGA foi há cerca de 4 anos atrás, quando estava a folhear uma revista de decoração americana. Até à altura nunca tinha ouvido falar desta marca… e confesso que durante muito tempo não voltei a ouvir! Não é uma marca muito conhecida aqui em Portugal e que eu saiba não temos nenhum representante oficial. Recentemente voltei a ver um AGA no programa de televisão Million Dollar Decorators, num episódio em que a Kathryn Ireland decorou uma cozinha para um evento de decoração. Lembram-se? Coitada da Kathyrn, gastou uma pequena fortuna no fogão e nem sequer aparece nas fotografias!! 

07-11-13-aga-total-control-1

Mas então o que é um AGA?

A AGA é uma marca britânica, fundada em 1922 por Gustaf Dalén, vencedor de um prémio Nobel de Física. A marca distingiu-se por ser a primeira a disponibilizar um fogão capaz de cozinhar através do armazenamento de calor e desde então tem sido uma peça de culto para todos os amantes da cozinha! No seu interior podemos encontrar um núcleo de ferro fundido, que depois de aquecido, distribui o calor uniformemente pelos seus diferentes fornos/placas. Isto faz com que o processo de cozedura seja muito mais delicado, ao mesmo tempo que preserva o verdadeiro sabor e os nutrientes dos alimentos. Não existe chama direta em contacto com tachos, apenas calor!

Em termos de funcionamento, existem vários modelos. O mais comum tem 2 hotplates no topo (como se fosse uma placa elétrica) e na parte debaixo tem 3 fornos, cada um com uma função diferente – Baking ( para bolos, bolachas, etc..)  Roasting  ( para os assados e grelhados) e Simmering ( para pratos que demoram o seu tempo a apurar, cozinhados lentos).

aga-2

Esteticamente, os fornos da AGA têm um aspeto bruto e quase industrial. Muitos dirão que tem um estilo demasiado retro e que só fica bem em cozinhas do mesmo estilo. Bem, eu acho que estas imagens são capazes de vos fazer mudar de ideias. Como vão poder ver, os AGA adaptam-se bem em qualquer tipo de cozinha, só precisam mesmo é de ter espaço… e dinheiro! Como devem imaginar, uma maravilha destas não é barata, mas quando se quer apostar em qualidade raramente sai barato, certo? Não sei os preços ao certo, mas sei que são coisinhas para custar acima de 7000 euros!! 😛

aga3

aga1    aga5

aga4

Mais info, AQUI.

0
0

Para hoje

Hoje o dia vai ser passado no meio de muitos móveis, tintas, pincéis e fita de pintor! Está um dia tão bom para secar… só pode correr bem. ( NOT)

A inspiração foi esta:

dp1

dp2

dp3

Assim que estiver tudo pronto, mostro-vos o resultado final! Para quem me quiser ir acompanhando nesta tarefa, vão passando pelo meu Instagram!

Bom Sábado :)

0
4

GOOD VIBES

Sexta Feira!!!!

As sextas, especialmente a de hoje, pedem posts animados, coloridos, divertidos e boa onda! E é isso mesmo que vos trago hoje – uma série de imagens verdadeiramente inspiradoras, resultado do trabalho de styling de Charlotte Love. Adoro estas combinações de cores com padrões intensos. Faz-me logo sentir muito mais animada! A chuva pode vir à vontade, já me sinto preparada! Eheheh

Boa 6ª feira para todos! :)

CL1

CL2

0
7

SOALHO FLUTUANTE EM COZINHAS

Soalhos Flutuantes em Cozinhas…sim? não? Não sabem? Pois… é normal! Eu própria também me debato com esta questão há algum tempo. Sempre que remodelamos uma cozinha, surge esta dúvida… será que podemos/devemos colocar soalho flutuante? E as águas? E a esfregona? E a humidade toda?

Na minha sincera opinião, penso que não existe nenhuma resposta certa ou errada. Tudo depende do tipo de soalho que escolhemos e do tipo de utilização que damos a estes espaços. Por exemplo, se todos os dias lavarmos o chão com detergentes fortes, é possível que este não seja o material mais indicado para nós! Há muita gente que é totalmente contra – alegam que com o passar dos anos o soalho vai acabar por ficar danificado devido aos químicos dos detergentes, gorduras, águas e por aí fora… eu por acaso não sou 100% contra, mas acho que devemos analisar tudo com muita atenção.

Hoje em dia já existem muitas marcas que disponibilizam soalhos flutuantes específicos para cozinhas e casas de banho. Dizem eles que são ” Antibacterianos e 100% resistentes à àgua”. Na sua constituição encontramos um painel de fibras de alta densidade, resistente a humidades, que os torna mais imunes à absorção de liquídos. Mas será que isto é suficiente?! Eu quero acreditar que sim, embora fique sempre na dúvida! Confesso que até agora tive medo de arriscar e para prevenir problemas de futuro, optei sempre por colocar um pavimento cerâmico que imita a madeira na perfeição! No entanto, sinto que está na altura de experimentar… e pode ser que realmente me surpreenda! Basta ver as imagens em baixo para ver como as cozinhas ficam muito mais confortáveis e acolhedoras!

Por aí, ja alguém colocou pavimento flutuante em cozinhas?! Se sim, contem-me tudo!

cozinhas-madeira1

7
12

RAFA KIDS

O post de 2ª feira acerca dos beliches deixou-me curiosa acerca da RaFa Kids, uma das marcas cujas imagens utilizei. Gostei tanto do beliche que não resistir a ver o resto da coleção. Tal como esperava, é tudo lindo! Não podia gostar mais desta marca e deste conceito – Mobiliário para crianças, que agrada tanto às crianças como aos adultos!

rafa-1

Fundada por um casal de arquitetos holandeses –  Agata e Arek Seredyn – a RaFa Kids surgiu após o nascimento dos 2 filhos do casal. Agata e Arek queriam oferecer-lhes peças de qualidade … e a partir daí foram desenhando uma série de móveis que se tornaram num verdadeiro sucesso! Linhas simples, elegantes e com um toque escandinavo que me derrete por dentro… sou mesmo muito fã desta marca!

A própria imagem do site da RaFa está muito gira e fácil de perceber. As axonometrias que explicam os objetos não deixam espaço para dúvidas e a detalhada explicação que acompanha cada peça complementa na perfeição as perspetivas e as fotografias. Está tudo muito bem explicadinho e parece-me tudo bastante coerente e consistente. Não há dúvida que a RaFa Kids está muito empenhada em criar peças igualmente bonitas, funcionais, seguras e divertidas! ADORO!

Mais info, AQUI!

rafa-2

rafa4

rafa-3

0
7

2016 BASIC Planner . MARJOLEIN DELHAAS

Há uns tempos publiquei uma imagem no meu Instagram onde se via a minha agenda para 2016. Recebi várias mensagens a perguntar onde a tinha comprado e como acho que não respondi a todos, resolvi fazer um post acerca disso!

Quem me conhece sabe que eu sou completamente doida por agendas, cadernos, blocos, canetas, lápis e afins… Todos os anos perco horas e horas na Internet à procura da agenda ideal! Este ano encontrei uma designer gráfica holandesa, Marjolein Delhaas, cujo trabalho é verdadeiramente magnífico e assim que vi as suas agendas, percebi que tinha de ter uma!

mj1a

Com uma estética assumidamente minimalista, estas agendas têm o tamanho certo para andar na mala (pouco maior que um A6) e estão organizadas de uma forma super funcional e prática. A capa é feita de papel 100% reciclado e diz “TWO THOUSAND SIXTEN” numa espécie de estampado com relevo. A minha agenda é exatamente igual a esta que vêm aqui na imagem e eu não podia estar mais satisfeita!

A encadernação é feita manualmente, seguindo um método muito tradicional em que a parte interior da lombada fica completamente exposta. Isto permite que as páginas abram na totalidade, o que facilita imenso a sua utilização. Em termos de organização, a agenda inclui calendários gerais para 2016 e 2017, bem como um plano diário para cada semana do mês ( que começa na 2a feira e termina no domingo). No fim da agenda temos um conjunto de folhas lisas, ótimas para tirar notas, numa cor de pêssego que as distingue das restantes.

Infelizmente, parece que já quase todas as agendas foram vendidas. No entanto, vale a pena darem uma espreitadela no site de Marjolein Delhaas para ficarem a conhecer o seu restante trabalho.  As agendas são vendidas AQUI!

1a

0
13

Beliches

Tendo sido filha única até aos meus 18 anos e com um quarto extra para as visitas lá em casa, a possibilidade de ter um beliche no meu quarto nunca foi sequer equacionada. Nunca fui daquelas crianças que sonhavam ter um beliche ou simplesmente uma cama nas alturas. Eu gosto demasiado de saber que me posso simplesmente mandar para cima da cama, sem ter o trabalho de subir uns quantos degraus. Sou (e sempre fui) demasiado preguiçosa para isso!

No entanto, reconheço que os beliches podem ser uma solução bastante prática, principalmente em quartos pequenos, onde é preciso deitar mais do que uma criança. Existem imensos tipos de beliches, mais ou menos elaborados, capazes de agradar a todos os gostos. Como sabem, eu gosto de simplificar ao máximo e por isso os meus preferidos serão sempre os menos trabalhados. Um desenho simples (mas de qualidade) numa cor neutra e está feito! Sou da opinião de que a mobília, especialmente em quartos de criança, deve ser o mais neutra possível para servir de base a diferentes tipos de decoração ao longo dos anos. Por isso, se estão a pensar em investir num beliche, deixo aqui algumas sugestões bem giras:

BB2

BB3

BB4

BB6 BB1

Se ficaram interessados, poderão encontrar alguns dos beliches aqui:

Oeuf

Pottery Barn

Made

Rafa Kids

0
15

Wish Concept Store

A LX Factory é um dos meus sítios preferidos em Lisboa para passear ao domingo. Acho que vou lá quase todas as semanas… nem que seja só para sentir o cheirinho maravilhoso do bolo de chocolate da Landeau ( desde que entrei em dieta, contento-me só em cheirar Ahahahah!). Gosto mesmo muito deste espaço, da sua história e da forma como tem sido revitalizado ao longo dos anos. É um lugar especial, com lojas e pessoas especiais.

Uma das lojas de que mais gosto é a Wish. Se não estou em erro, abriu há pouco mais de 2 anos, mas subiu logo para o topo da lista das minhas lojas preferidas. É uma verdadeira perdição! Assim que entro, fico logo com um nervoso miudinho, apetece-me comprar tudo! Todos os tabuleiros da Hay que tenho foram comprados lá… e sempre que lá vou fico com vontade de completar a coleção ( só é pena é serem tão caros).

Nas palavras de Margarida Eusébio, a criadora da loja, a Wish Concept Store é “… o lugar onde o mundo aterra, onde a paixão tem sabor a alegria, onde a vida é feita de sorrisos…”  E de uma forma tão simples, a Margarida descreve tudo aquilo que eu sinto quando lá vou. É mesmo um lugar de sonho, onde tudo o que é tristeza fica do lado de fora e onde só entram coisas lindas que nos fazem sentir bem! Se nunca lá foram, têm MESMO de ir!

Em agosto de 2015, a Wish abriu a sua própria cafetaria ( mesmo ao lado da loja) e posso confirmar que é tudo ótimo! Para além de a decoração ser de babar ( totalmente o meu estilo) tem um slow coffee que é de beber e chorar por mais. Se, como eu, adoram café, então tenho a certeza que vão gostar muito deste espaço.  Para além do café maravilhoso, a Wish tem também saladas, tábuas de enchidos, bagels, sandes… e ao domingo servem brunch. É um espaço super confortável, parece mesmo que estamos em casa!

wish-01

wish

WISH

LX Factory , Rua Rodrigues Faria 103, espaço G.02
1300 – 501 Lisboa | Portugal

Segunda feira a Quinta feira: 9h – 20:30h
Sexta feira e Sábado: 9h – 21:30h
Domingo: 10h – 20:30h

0
9

Bengaleiros Suspensos

E porque esta semana estou numa onda muito “simples, barato e eficaz” venho partilhar convosco mais uma ideia que podem facilmente experimentar em casa! Se não têm muito espaço livre para arrumar a vossa roupa, aqui está uma maneira gira e muito original de o fazerem! Estes bengaleiros são super leves e elegantes… e podem ser feitos com diversos materiais! Pessoalmente, gosto imenso dos que são feitos com tubos de cobre…acho que lhes dá um aspeto feminino e delicado sem ser demasiado girly!

A vossa casa fica a parecer uma loja e ainda tem a grande vantagem de conseguirem efetivamente ver tudo aquilo que têm no armário. ADORO!!

Para quem gostou e não tem muito jeito para DIY, deixo aqui o link para o bengaleiro suspenso da Wish ( loja maravilhosa na Lx Factory).  Espero que gostem!

1BB

1aa  1CC

 

 

0
9

ESPELHOS REDONDOS

Se há uma coisa que eu gosto sempre de usar nos meus projetos são espelhos! Para além de serem altamente decorativos, têm a grande capacidade de ampliar os espaços e torná-los visualmente mais amplos. São praticamente obrigatórios na decoração de espaços pequenos. No meu quarto tenho um espelho redondo do IKEA em frente à cama ( por cima da cómoda) que é sempre muito elogiado. Para além de me dar um jeitaço quando me estou a maquilhar, tem uma moldura de madeira linda e como é relativamente grande, permite-me criar a ilusão de que o espaço é maior do que realmente é.

Espelhos redondos são uma peça decorativa quase escultórica e há quem aproveite isso para brincar com a sua escala e proporção. Assim que vi esta primeira imagem no Pinterest fiquei apaixonada! Adorei a ideia de pegar numa peça relativamente banal e ampliá-la de tal modo que se torna na peça central de um espaço! Tão simples mas tão dramático!

round-mirror-1

round-mirror-2

0
4

IDEIA CRIATIVA LOW COST

Já tinha falado um pouco acerca deste tema no blog antigo, mas nunca é demais relembrar o poder de uma simples lata de tinta. Muitas vezes apetece-nos mudar algo em casa, mas não sabemos bem o quê… ou então sabemos e não temos disponibilidade financeira para tal! Uma ideia que resulta sempre bem e que não custa praticamente nada é pintar as paredes. Mas não pensem que é pintar uma parede toda … não … isso já é coisa do passado! A minha sugestão é pintar apenas metade das paredes.

Metade? Sim, metade! Quer dizer, quem diz metade, também pode dizer 1/3 ou 2/3… na verdade é o que resultar melhor, dependendo do espaço e da decoração existente! Ao pintarem só uma parte da parede, estão a criar uma espécie de “linha do horizonte” que altera por completo a percepção que temos do espaço, criando um interesse visual extra, cheio de ritmo e dinamismo. É uma ideia fácil, simples e muito barata!

Como devem imaginar, ao ver estas imagens, apeteceu-me logo pintar umas quantas paredes de preto. Não há nada mais elegante que o contraste entre o preto e o branco. Em quartos de criança então acho um máximo! Quem disse que não podíamos usar preto nos quartos?!

b1

b2

b3

0
3

Puxadores em pele

Uma das grandes tendências para 2016 são os puxadores feitos a partir de tiras de pele ou napa castanha. Um pouco por todo o lado começam a surgir armários de cozinha, cómodas, roupeiros e até portas com estes puxadores. São uma alternativa muito gira aos habituais puxadores metálicos e dão um toque mesmo cool às nossas casas! Eu adoro! Para além de baratos, são muito fáceis de fazer – acreditem , qualquer um de nós consegue fazer isto … vejam o vídeo que aparece no fim do post! Por isso, se estiverem numa onda DIY, este é o post certo para vocês! Espero que gostem :)

2  4

3

1

E agora o vídeo que explica tudo! Mais fácil impossível!

0
7

Khloé & Kourtney take AD

Como não podia deixar de ser, o primeiro post do blog tinha de ser dedicado ao meu clã preferido – as Kardashian! Na semana passada, a célebre revista Architectural Digest fez uma mega produção com as casas da Khloe e da Kourtney, ambas em Calabasas. A sessão fotográfica foi supervisionada por Martyn Lawrence Bullard, o decorador oficial da família, e o resultado final é um verdadeiro ARRASO!  Luxo, classe, sofisticação e bom gosto são as palavras perfeitas para descrever tudo aquilo que vão ver!

5k

Confesso que embora tenha adorado estas fotografias, não consigo esquecer aquela sala às riscas pretas e brancas da antiga casa da Kourtney. Aquela sala era tudo para mim!! Nesta casa vemos uma Kourtney mais suave, mais controlada. O bom gosto está lá… mas já não é tão arriscada.

4k

3k

 

Por outro lado, a casa da Khloé é claramente um upgrade! Adoro o pátio com a lareira, adoro a sala em preto e branco, adoro os apontamentos decorativos marroquinos espalhados pela casa e fiquei completamente apaixonada pelo Glam Room. Para quem ainda não tinha visto as fotografias, estas são as minhas preferidas.

2k

1k

Se quiserem ver a reportagem toda, podem ir AQUI.

0
3

Bem-vindos ao novo Homestorming

Sejam muito bem-vindos a este meu novo projeto!

Ano Novo, Blog Novo, right? Bem, na verdade o Homestorming já não é somente um blog de decoração! O Homestorming cresceu e tornou-se numa plataforma ainda mais abrangente que pretende divulgar o que de melhor se faz em Portugal e no mundo, apostando sempre (e cada vez mais) na originalidade, qualidade e diversidade das publicações!

O Homestorming vai juntar tudo aquilo que eu mais gosto num só sítio – design, arquitetura, música, moda…  e vai permitir-me também mostrar-vos os meus projetos e o trabalho que tenho vindo a desenvolver nestes últimos 6 anos.

Este é o meu espaço, a minha cara, a minha casa… e espero que se venha a tornar na vossa também! Estou a contar convosco para me ajudarem a dar vida ao Homestorming!

A partir de agora, vou andar por aqui! No entanto, se quiserem espreitar alguns dos meus posts mais antigos, podem sempre visitar o blog velhinho, aqui.

Em breve terei mais novidades e mais coisinhas boas para partilhar convosco! Tenho a certeza que se vão divertir tanto quanto eu :)

Obrigada por tudo… e mais uma vez… sejam bem vindos a esta nova aventura!

Beijinhos,

Ana

0
19